Fofoca, baygon, samba, trabalho… de tudo um pouco

Caraca, tenho muitas fofocas, muitos posts para o blog, mas to sem tempo. Sério, to ralando demais. Ontem, feriado de Zumbi, trabalhei 12 horas. Tudo bem que sou menina esperta e sugeri pauta praia/samba, mas ralei muiiiito.

Enfim, como sou filha de Deus saí do jornal e fui encontrar uns amigos no Baixo Gávea. Lá, ouvi muitas histórias divertidas, bizarras e vi uma verdadeira fauna. Certamente nosso garçom se divertiu muito. Acho que por isso ele sempre demorava na nossa mesa… Descobri, por exemplo, que uma amiga saía com um cara que toma mingau pela manhã. Na booooaaaa !!! Ele é criança??? O cara nunca ouviu falar de café? Suco?

Outra me contou uma trama louca. Resumindo, o maluco com quem ela saía, há 6 meses, mudou de emprego, ficou sem grana e a levou a um motel mega barato, muito chulepa mesmo. A ponto de ter que pagar adiantado e tal.. não vale a pena comentar muito. Só para se ter uma idéia, ela teve que passar por ferragens na garagem para chegar ao quarto. foda né, ou melhor ,não foi foda pq ela não deu para ele ali, óbeveo!!!

Tb tomei conhecimento de um cara que usa aqueles dreads no cabelo e que foi ao médico pq estava sentindo muita coceira…. detalhe: o médico encontrou várias baratinhas naquele emaranhado que o maluco sustentava na cabeça. Que nojo !!!! Por isso que não saio com este tipo de gente. To fora. Não quero pegar piolho, muito menos conviver com baratas. Na boa, lavo minha cabeleira todo dia, jamais fico uma semana sem enfiar a cabeça debaixo d´água (como algumas mulheres fazem para manter a escova). Enfim, o cara teve que raspar o cabelo. Era isso ou baygon na cabeleira. Ninguém merece !!!!

Claro, tomei aquele esporro do meu amigo João Marcelo. Ele é um fofo, vive me dando apoio, e me deu tb vários toques. Prometo que vou levar a sério e manter minha palavra. Vida nova!

Anúncios