Hoje

…. é tb o dia que meus amigos vão para Salvador. Snif, snif. Espero que eles se divirtam muito e voltem cheios de histórias. vou ficar com saudades !

PJ (Private Joke): Amiga, pode deixar que vou tomar conta do seu namorado aqui no Rio rs Vai em paz. Bjs

Anúncios

PQP…

.. hoje acordei romântica. Segue um versinho:

É preciso reviver

É preciso reviver o sonho e a certeza de que tudo vai mudar.
É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós: onde os sentimentos não precisam de motivos, nem os desejos de razão.
O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração.
Pois a vida está nos olhos de quem sabe ver…
Se não houve frutos, valeu a beleza das flores.
Se não houve flores, valeu a sombra das folhas.
Se não houve folhas, valeu a intenção da semente.

HENFIL

Eu…

… tinha esquecido de publicar aqui. Na sexta, antes da cirurgia, fiz um bota-fora sensacional: fui ao show do Paulinho da Viola, no Morro da Urca, e muito bem acompanhada.

Estava tudo perfeito. O show é ótimo, como eu esperava. Paulinho da Viola é um fofo, um querido. Já o entrevistei algumas vezes, mas nunca tinha assistido ele cantar, ao vivo, com toda aquela estrutura.

Bem, o lugar tem aquela vista única da cidade. Difícil definir. É beleza por todos os lados. E meu par estava um fofo também. Dançamos, rimos… nos zoamos, como sempre, foi bem divertido. Terminamos comendo no BigBi, claro. Perfeito !

Update ….

….. a música What Am I To You?, de Norah Jones, é muito bacana. Ganhou o posto de música do dia. Tá na cara do motivo né? A gente sempre que saber o que os outros estão pensando da gente, o que esperam e tal… é um movimento quase que automático.

Confesso, no entanto, que, apesar da curiosidade, tenho invertido a pergunta. Agora, tento saber O que eu espero de determinada pessoa? Sério. O exercício parece fácil, mas não é. Difícil saber o que a gente espera de alguém na medida real, sem sonhos, exageros, olhando apenas os fatos como são. Tente, vc pode se surpreender.

Foda….

… vc sabe medir o ritmo da sua vida quando se dá conta de que passou a noite de sexta-feira assistindo pela 452.263.854.411 vez ao filme “Uma linda mulher”. Fodaaaa rs. O pior é que nós, mulheres tolas, apaixonadas e românticas, sempre acreditamos que, no final, o cara rico, lindo e sedutor vai vir atrás da gente, de limusine, com rosas na mão e… viveremos felizes para sempre.

ODEIO A CINDERELA rs. PQP pq me contaram esta história? Agora é tudo o que quero. Não tem jeito. A gente se apaixona. Casa. Quebra a cara. Separa. Jura que jamais cairá em outra emboscada e…quando percebe está esperando um tal telefonema, um toque no interfone, um e-mail. Mas, ok, como disse antes, Meninas grandes não choram….

Música do dia…

…depois de muito refletir, cheguei a esta conclusão. Vou publicar um trecho da música Big Girls Don’t Cry. Acho que dá pra entender…

I´m gonna miss you like a child misses their blanket
But I’ve gotta to get a move on with my life
It’s time to be a big girl now
And big girls don’t cry

Fim da camisola…

…. Hj decretei o fim da camisola. Sim, desde segunda esta tem sido a única peça do meu armário que uso. Mudo o modelito, mas o molde é mais ou menos o mesmo. Super larga para não apertar os curativos… um saco.

A decisão teve duas motivações: A primeira é pq quero sair amanhã e preciso mostrar pra minha mãe que estou ótema. A segunda é pq uma amiga veio me visitar e mandou na lata:”Nossa, vc tá horrível, que cara de doente”

Saí da cama na hora, fui pro banho. Decidida. Deixei a camisola no cesto de roupa, peguei um short, uma blusa, arrumei o cabelo e passei até corretivo nas olheiras. Fiquei uma graça, nem pareço mais doente rs.

A lista

… de visitantes aumenta. Dani Federicci veio me visitar numa sexta à noite. Isso é que é prestígio rs. Valeu Dani. Minha sobrinha te adorou. Karla, to te esperando hein rs vê se não vai furar. Vem e coloca pilha na minha mãe. Quero ir no baile com vcs.

E meu …

….umbigo que tá uó ! Sério. A situação é assustadora. Ontem, depois daquela tossida que quase me matou, meu umbigo sangrou. Deitei na cama e foi aquela mobilização. A família inteira rodeou minha barriga. E eu lá, com dor, apavorada. Minha mãe puxou o curativo e fez uma cara de espanto. Aí vou uma gritaria geral: Caraca, tá horrível. Diziam.

Não me aguentei. Pedi um espelho. Sim. Tá horrível constatei. E olha que meu umbigo sempre foi o orgulho da família rs perfeito. Só falta cicatrizar e ficar com uma bola pra fora. Vai ser foda exibir barriga de pobre por aí rs… mas vai dar tudo certo. Minha irmã médica disse que é i curativo, que não preciso me apavorar… a conferir segunda, no consultório !

Quase morri…

…. sério. To super gripada e tá foda para tossir… segurei o qto pude, mas não teve jeito. Há uns 40minutos dei aquele tossidão.. caralho, quase morri. Sério. Me engasguei com sei lá o que… fiquei se respirar, desespero total. As lágrimas corriam, meu tio desesperado tentando me ajudar. O que fazer nestas horas? Dar aquele porradão nas costas da pessoa? Fazer com o que os pontos abram? Foi sinistro. Precisei dar uma vomitadinha pra voltar a respirar. Ufa! Por pouco não morri.

E tomar banho? Dói muito. Na boa, to precisando de um enfermeiro gato para dar aquela levantade de moral… interessados podem ligar para o meu cel rs.

Ser feliz….

Acabei de receber esta mensagem por e-mail e só vou publicá-la aqui pq tem uma pessoa querida que precisa ler e entender de uma vez por toda … bem já conversei sobre isso com ela. Lá vai a mensagem….

Quantas vezes nós pensamos em desistir,deixar de lado, o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercados de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair, justamente na hora queprecisamos parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz;
E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;
E a gente insiste,
Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, emestar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar,
Em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil,mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir, por que tem uma missão…… SER FELIZ

Vamos aproveitar a vida.. ser feliz.. foda-se o que o resto do mundo pensará da gente, ok amiga????

Dói pra caralho….

…. há quem ainda não saiba: segunda retirei a vesícula. De acordo com o médico, a cirugia foi ótima. Minha vesícula estava bem inflamada e as pedras fora para análise laboratorial.

Na boa, eu, que já pensava em adotar uma criança, agora tenho certeza que jamais terei um filho de cesariana. É certo de que vou adotar. Dói muito. Dói até pra peidar. Dói para deitar de lado na cama, para levantar… quando to de pé… ando curvada…. um saco.

Jamais farei lipo, colocarei silicone.. nada disso.. é uma loucura se submeter a estes procedimentos e ficar depois como um farrapo na cama. Algumas vezes sinto dor até para virar o pescoço. Não é exagero, acredite, sou bem resistente à dor.

Aliás, sou resistente à anestesia tb. Contei pra minha irmã médica tudo o que aconteceu e ela ficou impressionada. Disse que sou do tipo resistente. Segundo ela, boa parte de quem faz uma cirurgia já sai do quarto apagada.

De fato o médico me deu um remedinho azul e fiquei meio tonta, com sono, mas lembro de tudo. Lembro de ligar pra minha mãe (que tava almoçando) e avisar que eu já ía ser operada. Ela chegou correndo e disse para eu ir de olhos fechados para não ficar tonta com as luzes. Claro que fui de olhos bem abertos.

Já no centro cirúrgico, lembro de ver o cirurgião falando ao celular enquanto o anestesista colocava uma agulha enorme na minha mão. Aliás, a anestesia doeu pra caralho, até comentei com ele. O médico, óbvio, disse que era normal, que doía mesmo. Issopq não era na mão dele né. Lembro que um enfermeiro, acho, veio colocar aqueles sensores no mei peito para fazer o monitoramento cardíaco e.. aí apaguei né. Sou resistente, mas nem tanto. Uma hora a porcaria da anestesia tinha que começa a fazer efeito rs.

Depois, já no quarto.. começou o sofrimento. caraca. Como diz Marcio Líbar: Na merda todo mundo é igual. Eu ali, deitada, sem calcinha, com aquela camisola ridícula de hospital, tive vontade de fazer xixi.

A enfermeira trouxe aquele pinicão (comadre) e queria que eu mijasse ali. Impossível disse. Mas ela não acreditou. Deixou aquela porcaria 30 minutos embaixo da minha bunda até que se convenceu que não iria rolar. me levou pra o banheiro, eu ainda não podia levantar por causa da anestesia, mas ela não tava na disposição de limpar uma cama mijada né rs

Foi uó ! É muito ruim andar, sentar, mijar, fazer qq coisa com dor. Se hj tá doendo, imagina na segunda, algumas horas depois da cirurgia. Ninguém merece.

E receber dipirona na veia? Caralho, fatal. Queima tudo… por onde a droga passa a veia vai queimando. E olha que o remédio é pra tirar a dor… foda. Mas to melhor…quero ficar boa logo e to me comportanto. Ainda quero pular o carnaval…. será que consigo??

Meu dia de Ivete…

…. domingo, pela primeira vez na vida, tive meu dia de Ivete Sangalo. Sim, arrastei multidão em Laranjeiras. Todos atrás do bloco Imprensa que eu Gamo. Eu, como uma das compositoras do samba, pude desfilar em cima do carro de som. Foi sensacional. Me diverti muito.

Cantei, apesar de ninguém ter ouvido minha voz, distribuí flores para o público, sambei com amigos. Foi, sem dúvida, o melhor carnaval da minha vida. Aliás, este carnaval promete entrar para a história, a vibração está foda…

É impressionante como a gente se diverte lá de cima e é bacana encontrar os amigos, acenar, cantar para eles….

… a imprensa, pra variar, fez matérias sobre o bloco e …. adivinha? A titia aqui apareceu em todos os lugares. Segunda à noite ainda tinha amigo ligando pra dizer que tinha me visto no RJ TV, no Jornal Hoje, na Globonews… To me achando rs. Esta vida de Ivete é maravilhosa.

Agora, é fazer o samba do ano que vem e ganhar de novo… não quero mais desfilar no chão. Me lugar é em cima do carro de som rs