Tem de tudo na night…

… de maluco que responde por Vitor e aborda as pessoas no meio da rua com o maior papo furado. Pega o celular e jura que vai ligar ahahahaha. Tem também engenheiro-advogado metido a besta, bem engomadinho, que diz trabalhar no mercado de navegação, tirando onda de solteiro, mas com as fotos das filhas na carteira e a aliança escondida no bolso da calça. É o tipo que tira todas para dançar e vai pra casa sozinho, bate uma punheta e tem um pesadelo com a mãe.

Tem também japonês… achando que sabe sambar. O que é gringo sambando ? rs. Tem ainda tampinha que se acha piloto da força aérea e que pede as pessoas em casamento em pleno samba. Detalhe: leu muitas vezes a história da Cinderela. Homem que acredita em amor à primeira vista é foda. E a cantada: “Você é meu número”. Tem coisa mais cafona? Mais antiga? Mais bizarra? Se um dia achar alguém que é meu número eu corro…

Tem ainda aqueles com profissão bacaninha, dono de produtora, que diz ter encontrado a mulher da sua vida, que vai mudar de cidade, blá, blá, blá, mas que não se coça na hora de pegar a comanda.

Tem ainda mulher estressada com o trabalho e que desconta tudo no primeiro garçon que passa em seu caminho. Atitude mais burra não há. Não tenho dúvida de que este garçon, o mesmo que foi bizarramente humilhado, deu uma cuspidinha no chope da minha amiga…

enfim, a night foi bem divertida. Música boa, papo agradável, gente bonita, esquisita, feia… de tudo um pouco. É assim que gosto !

Sensacional

Bem, quem já leu meu profile no Orkut sabe que amo esta frase do filme “Tempo de Recomeçar”. Nunca é tarde para replicá-la por aí. É exatamente o que penso: o amor não é suficiente, não basta, não chega nem perto….longe disso !


“Saber o que? Se ainda amo você? Totalmente. Não há uma só duvida em minha mente. Com toda a minha raiva, meu ego, eu sempre fui fiel ao meu amor por você e se eu fiz com que duvidasse… foi o grande erro, de uma vida cheia de erros. A verdade não liberta a gente. Eu posso dizer que eu amo você quantas vezes voce agüentar ouvir e tudo isso fará nos lembrar que o amor não basta, não chega nem perto.”