Hj…

…. estou politicamente correta. Deve ser pra compensar meu surto consumista rs. Segue mais uma info bacana.

O Projeto Fundo Global Tuberculose Brasil abrange 57 municípios das regiões metropolitanas de Belém, São Luís, Fortaleza, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Baixada Santista e Porto Alegre e o município de Manaus, áreas que concentram 45% dos casos de tuberculose no Brasil. O Projeto visa à aceleração do alcance das metas definidas para o Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT), do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo, pretende dar início a novas atividades que possam contribuir para a melhoria da cobertura do Tratamento Supervisionado/DOTS e à conseqüente redução de incidência, prevalência e mortalidade em virtude da doença.

Dá uma olhada no site aqui e saiba mais.

Anúncios

não fume !!!!!!!!!!!!

Amanhã é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Se você nunca viu ninguém morrer por causa do cigarro e continua fumando achando que não está se matando alowwwwwwwwwwwwwwwww vc precisa parar. Meu pai morreu com um cigarro na mão. Infartou. Foi horrível. Não deixe acontecer o mesmo com vc. Está na hora de parar, não acha?

Campanha de Doação de Livros

O Grupo Político-Social está realizando uma campanha de doação de livros didáticos (ensino fundamental e médio) e de literatura infanto-juvenil para o Projeto Tô Ligado do Programa Convivendo e Aprendendo que funciona no Assunção-Cenam, em Santa Teresa, desde 2005.
Os livros poderão ser entregues na secretaria da Paróquia de São João Batista da Lagoa- Rua Voluntários da Pátria, 287 – Botafogo. Doe. E abra novas oportunidades para muitas crianças

Ataque de mulherzinha, parte 2 !

Tá foda ! To me sentindo estranha, diferente. Depois de praticamente passar a máquina no cabelo, fazer as unhas… passei a manhã no shopping. Na Barra ! Isso é que é vontade de consumir. Gastei os tubos.

Quando saí da Zara, sério depois de comprar quatro blusas (isso pq queria uma saia), tive a brilhante idéia: precisam inventar um dispositivo, como estes de roupa, que a gente possa colocar no corpo.

Funcionaria assim, a gente programa algumas lojas onde sabemos previamente que não devemos entrar.. assim, quando a gente passar pela porta pí pí pí… soa o apito, super alto. Com vergonha, a gente sairia da loja e evitaria arroubos de loucura no cartão de crédito. Genial. E aí, vc leitor CDF não quer fazer um protótipo do produto?

Chiclete e boquete….

…. não combinam, claro. Acho que o mundo está ciente de que não dá pra fazer boquete com chiclete na boca. Ou melhor, o mundo, menos uma menina que fez um daqueles caprichado em um amigo do trabalho. Como sei? Pq ele contou, óbevo.

O papo começou quando saquei da bolsa um chiclete de sabor melancia. Ele pediu um, eu dei e ele começou a rir. Perguntei o motivo do riso e ele contou. Há algum tempo, ele saiu com uma menina, ela fez um boquete ótemo dentro de um carro. Quando acabou o ‘sirvisso’, ele fechou a calça e foi pra casa. Chapou, dormiu.

No dia seguinte, quando acordou, viu que tinha um chiclete usado, sabor melancia, grudado no pentelho. Assim não dá minha gente !!!!!!!!!!!!! Esta história é sensacional. Já valeu o dia ahahaha

Presente…

…. como presente de aniversário do blog, vc leitor amigo, poderia clicar, ao menos uma vez por dia, no anúncio do Google aqui na minha página. Não custa nada pra vc e eu ainda posso ganhar uns trocados. O que acha?

PS: Vale a pena. No que eu cliquei caí direto em uma promoção de uma grande empresa que vai sortear 10 Iphones. O que acha disso???

Vc sabe se…

…. um menino de cinco anos ejacula? Leitores, isso aconteceu com vc? Estou fazendo uma pesquisa, nada a ver com pedofilia, mas a dúvida surgiu depois que uma amiga contou que, volta e meia, o pênis de seu filho de cinco anos, volta e meia, fica ereto. Ela acha bonitinho. Mas e aí, funciona??? Alguém sabe a resposta??

Que atire a primeira pedra aquele que nunca presenciou uma baixaria em família. Nossa, tenho vários casos, mas nada, claro, que se compare a esta. Saca só. A notícia é copiada do site Ego (qq dúvida, reclamações e processos com eles, ok? )

“Mesmo conhecendo as excentricidades de Gretchen, Sula Miranda diz ter ficado revoltada quando a irmã anunciou que Carol Miranda, que posou para a “Sexy” de agosto, era sua sobrinha. “Não conheço essa menina, nunca vi, não sei de onde veio e nem para onde vai”, disse ao EGO a agora cantora gospel. Sula contou que sempre que a solicitarem virá a público defender o sobrenome de sua família. “A minha família não precisa de mais peso do que já carrega. A Gretchen e a Thammy já se expõem demais.” “

Isso é que é barraco em família rs.

Um dia de mulherzinha….

Sim, tirei o dia pra ser mulher. Fiz coisas que fogem completamente o padrão Renata Victal de ser. Pra começar fui ao salão cortar o cabelo. Não qq salão. Atravessei a poça, isso mesmo, fui até Niterói raspar, praticamente as madeixas.

Cheguei lá por volta das 11h, sentei na cadeira e falei:

– Quero bem curto
– Como? – disse surpresa a cabeleireira.
– Como vc quiser. Faz o que achar melhor

E assim foi feito. Ela meteu a tesoura e estou praticamente careca. Tá bacana, não se desespere, caro leitor, mas é uma revolução.

Quando cheguei no jornal todos ficaram espantados. Disseram que gostaram, ok, prefiro acreditar que estavam sendo sinceros. Mas quer saber? To adorando. Me sentindo liberta.

Poucos sabem o que os cabelos cumpridos significa pra mim. Muitas coisas. Muitos sonhos. Enfim, chegou a hora de passar a tesoura em todos e esperar que novos sonhos cresçam. poético né, mas estou assim.

Ah, claro, a explicação do pq fui pro outro lado do Estado, em outro município, cortar o cabelo. Simples: Quando eu costumava pelar a cabeleira, sempre o fazia no Jean Louis David de Copacabana ou Botafogo. Como não existe mais nenhuma unidade da rede na zona sul, fui obrigada a me despencar até Niterói, sacou? Mas vale a pena. Os caras são especialistas em cabelos curtos.

Mas o dia de fêmea cuidadosa não acabou por aí. Saí do salão e fui pra farmácia. Comprei um mousse ou um treco qq que usaram pra modelas meus fios curtos. De quebra, comprei um batom novo tb, um gloss. Chegando no Rio Comprido, depois do almoço, fui fazer as unhas: ‘sirvissu’ completo, pé e mão. ADOREIIIII.

E sabem onde vou estrear meu new look? Num pé sujo da Riachuelo, jogando sinuca e cantando numa máquina fuleira de videokê. Sensacional. A minha cara rs.

Já que….

…. estou reclamando, decidi fazer uma pequena lista das coisas que me irritam ou irritaram nos últimos dias. Não é nada pessoal a nenhum amigo ou leitor, mas, na boa, são coisas que me irritam mesmo. Por que não falar? Todo mundo sempre se irrita com algo né?

1- Perguntar quanto eu ganho. Não faço isso com ninguém, mas geral faz esta pergunta pra mim.
2- Perguntar quanto pago no aluguel da minha casa. Outra pergunta que não faço aos outros.
3- Perguntar quem convidei pra tal lugar. Isso eu faço, mas sempre é foda né.
4- Perguntar que está em determinado lugar. Minha presença não basta?
5- Fazer qq pergunta que eu considere idiota.
6- Fazer pré-julgamentos, qq um, sobre qq coisa, sobretudo sobre mim.
7- Pisar no meu pé, ainda mais se estiver usando salto alto.
8- Ter que aturar papo de bêbado.
9- Fazer o trabalho dos outros.
10- Perguntar tudo sobre a minha vida e não falar nada sobre sua própria vida
11- Dizer que está gorda só pra ouvir que é mentira, que na verdade a pessoa está magra.
12- Frases racistas.
13- Gente preconceituosa.
14- Gente que se faz de feliz, mas não é.
15- Gente preguiçosa no trabalho.
16- Gente que começa a namorar e esquece os amigos.
17- Gente que se faz de vítima pra conseguir alguma coisa. Isso é muito irritante.
18- Ser acordada com o celular tocando e não ser nada importante, nem alguém que eu queira.
19- Ter que ir embora pq o mala que vc vai dar carona está de palhaçada e quer sair do local.
20- Vizinho transando e você ouvindo…

… depois continuo…

Irritada…

Ando irritada, é verdade. Mas como não se irritar com coisas como a que aconteceu hj pela manhã. Entro no elevador de um movimentado centro comercial, no Largo do Machado. Eram 11h. Tinham quatro pessoas lá dentro.

Um cara entra logo atrás de mim e uma mulher, que já estava lá dentro, reclama:
– “Vcs vão entrar? mas o elevador já está lotado”.

A vaca decide sair do elevador. Aquilo me irritou tanto que disparei:
– O elevador é pra oito pessoas, não está lotado”.

A porta fechou e subi, puta da vida, pq deveria ter dito mais. Tinha que ter mandado pra louca:
– “Minha senhora, se quiser um elevador privativo, compre um”.

Pior, depois descobri que a capacidade do elevador era pra 9 pessoas. Isso mesmo, e a vaca reclamou pq tinham 6. Alowwwwwwwwwww, quem ela pensa que é? Melhor que os outros? Tá no elevador de casa? Sem noção.

Já deu pra perceber que estou numa fase tolerância zero. Portanto, se prezar por sua integridade rs, não me provoque rs

Sim….

…. tirei minha foto do profile no Orkut. Antes que reclamem, um aviso: vou mudar radicalmente minha face. Calma, não pretendo fazer plástica (até pq o dermatologista disse que não tenho nenhuma, NENHUMA, ruda rs). Mas vou mudar radicalmente o corte de cabelo. Aguarde os próximos dias… vem surpresa por aí rs.

Já escrevi…

… aqui que tudo o que é bom nesta vida dura pouco. Pois bem, a noite de ontem representa um marco histórico na minha vida: foi a última apresentação do Galocantô no Trapiche Gamboa. Os mais chegados sabem o pq. Foram muitos encontros, desencontros, reencontros. Tudo ali, com o Galinho de fundo musical. E agora?? O que fazer aos sábados à noite??

Como era uma data especial, chamei uns amigos.. foi ótemo. Teve de tudo um pouco, mas o sucesso da noite mesmo foram os funcionários da casa. Um deles chegou a se atracar com uma amiga (to preservando o nome hein rs) e outro saiu de lá sem pagar um centavo pq trocou tel com o cara do caixa. O máximo. Eu, que vou lá sempre, nunca tinha percebido que o cara é gay. Já este amigo sacou em segundos, trocou olhares, tels, daqui a pouco engata um namoro rs…

Olha o Bigode aí gente….

…. acabo de chegar do BotecoTaco, no Humaitá. Gentemmmmm, o lugar tá totalmente repaginado e bombando. Eu e Fernandinha nem acreditamos. Saímos do jornal e, no caminho pra casa, passamos na porta. “Caraca, olha só!”, falamos juntas.

E paramos o carro. Pra vs terem uma idéia, o local onde ficam as mesas de sinuca está com ar condicionado. Isso mesmo, fim da sauna no Humaitá. As postas de cavalo estão no segundo andar. A máquina de jukebox continua no mesmo local. A frequência deu uma melhorada, mas…. o Bigode continua o mesmo…

Sabe quem é o Bigode? Um dos garços, claro. O cara tem mais cabelo em cima da boca que na cabeça. Sério. Uma verdadeira xereca falante. A toca que ele usa na cabeça é desnecessária. Ele deveria é trabalhar com aquels máscaras de dentistas, isso sim. Só assim teria certeza que não haveria nenhum pêlo no meu caldinho de feijão.

E o maluco trabalha bêbado, para quem não sabe. Genial. E vive confundindo os pedidos, não anota nada, não ouve o que vc tem a dizer. Sensacional. O antimarketing mais que perfeito. Mas funciona, acredite.

Boa pedida pra qq dia. Pra qq hora. Passa lá e me conta depois.

Hora de ir ao mercado…

Dinâmica. Sim, hoje o que não me deixa fechar os olhos é o pensamento sobre a dinâmica da vida.Meu dia poderia ser a síntese de um ano inteiro.

Foram muitas as emoções: raiva, descontentamento, surpresa, felicidade, tranquilidade, cumplicidade, fúria, prazer. Tudo isso e em apenas 24 horas. Como é possível?
Foram também muitos os pensamentos, muitas análises, muitas histórias.
O que fazer em cada situação? Calar? Falar? Ceder?

Mais uma vez penso sobre o tempo e sua elasticidade.
Quando criança achava que aos 25 já seria uma mulher formada, casada, com filhos e casa própria. Ledo engano…
Com o 31 batendo à porta percebo, mais uma vez, o quanto foram inúteis todos estes sonhos…

O quanto somos inocentes… O quanto é impossível planejar a vida… Planos jogados fora. Rasgados em mil pedaços e espalhados ao ar, do alto de uma torre. Pedaços que não se juntarão mais. Nunca mais. Laços desfeitos. Laços refeitos

É hora de comprar novos sonhos… Isso. A idéia é mesmo ir a um supermercado e passear entre seus corredores. Olhar, com atenção redobrada, cada embalagem. Mas ler as letras pequenas antes de colocar no carrinho. Conferir se o preço do código de barras é o mesmo que o anunciado.

Claro que isso não é nenhuma garantia de que o produto não fará mal, que não causará dores de cabeça, dores de barriga… O sabor também pode não agradar muito. Mas ok, é preciso levar um produto novo para casa. Experimentar. Sempre.

Até que chegará o dia em que ir ao mercado não se fará mais necessário. Terei ali, nas mãos, o produto perfeito, aquele mesmo semi-pronto, mas que, com o tempo, o meu tempo, ficou do jeitinho que gosto. Perfeito. Saboroso. E do tipo que a gente nunca enjoa de comer.

Ontem…

…. na tal festa na Lapa que anunciei aqui, chega uma menina ao meu lado e dispara “E aí, quando vc vai dançar no poste de novo?” Pausa para compreensão: quem é esta menina???????? Eu não sabia, não lembrava…. mas ela tinha visto minha apresentação no pole dance. OK OK acho que exagerei rs…
PS: Meu braço ainda tá roxo da dança no poste rs