Música do dia…

… Lucidez, de Jorge Aragão:

Por favor!
Não me olhe assim
Se não for
Por viver só prá mim…

Aliás!
Se isso acontecer
Tanto faz
Já me fiz por merecer…

Mas cuidado não vá se entregar
Nosso caso não pode vazar
E tão bom se querer
Sem saber
Como vai terminar…

Onde a lucidez se aninhar
Pode deixar
Quando a solidão apertar
Olhe pro lado
Olhe pro lado
Eu estarei por lá…

Anúncios

…”Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. O romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe qua a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o tempo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas fazendo que sonhando, realizando que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu”.

para pensar…

” Porque eu me imaginava mais forte. Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões, é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil. É porque eu não quis o amor solene, sem compreender que a solenidade ritualiza a incompreensão e a transforma em oferenda. E é também porque sempre fui de brigar muito, meu modo é brigando. É porque sempre tento chegar pelo meu modo. É porque ainda não sei ceder. É porque no fundo eu queria amar o que eu amaria – e não o que é. É também porque eu me ofendo a toa. É porque talvez eu precise que me digam com brutalidade, pois sou muito teimosa. É porque sou muito possessiva e então me foi perguntado com alguma ironia se eu também queria o rato para mim.
Talvez eu me ache delicada demais apenas porque não cometi os meus crimes. Só porque contive os meus crimes, eu me acho de amor inocente.
Talvez eu tenha que chamar de “mundo”esse meu modo de ser um pouco de tudo.
Eu, que sem nem ao menos ter me percorrido toda, já escolhi amar o meu contrário(…). Eu que jamais me habituarei a mim, estava querendo que o mundo não me escandalizasse. Porque eu, que de mim só consegui foi me submeter a mim mesma, pois sou tão mais inexorável do que eu, eu estava querendo me compensar de mim mesma com uma terra menos violenta que eu.”

Lindo né? É de Clarice Lispector. Ela é foda !!!

“Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção. Pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e neste momento houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino: o amor.
Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.
Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.
Se você conseguir em pensamento sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado… se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados…
Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite… se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado…
Se você tiver a certeza que vai ver a pessoa envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela… se você preferir morrer antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida. É uma dádiva.
Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.
É o livre-arbítrio. Por isso preste atenção nos sinais, não deixe que as loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o amor.”
Carlos Drummond de Andrade

Para pensar….

Em tempo de separação, duas frases de Clarice Lispector para pensar. Acho que são lindas e profundas:

“… se deve viver apesar de.
Apesar de, se deve comer.
Apesar de, se deve amar.
Apesar de, se deve morrer.
Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente…”

“Os fatos são sonoros mas entre os fatos há um sussurro.
É o sussurro o q me impressiona..” (Clarisse Lispector)

Não sei pq ainda me choco…

…. com histórias de separação. Mas acabo de ouvir a segunda história em menos de uma semana. Não sei muito bem detalhes dos casos. Um deles acabou de acontecer e o maluco me mandou um torpedo contando que a mulher pediu a separação. To bege. Nunca sei o que dizer nestas horas.

De qq forma, o que vou escrever aqui vale para todos. Tenho percebido ao longo dos últimos 3 anos, a muito custo e observação, que a maior parte dos casais se separa por incompatibilidade e não por falta de amor. E, claro, esta incompatibilidade parece surgir de uma hora para outra, mas isso não é verdade.

As pessoas simplesmente desistem de si. Isso mesmo. Acham que, como estão namorando ou casadas, que têm uma nova vida. Novas vontades. Novos prazeres. Bobagem. O que sobra em todos estes casos é acomodação. O malandro ou a malandra acham que não precisam mais se dedicar à relação pq já conquistaram o outro. Aí começa a ladeira abaixo.

Uns engordam. Outros abrem mão de fazer seus programas prediletos. Há ainda os que esquecem os amigos pq acham que estão ‘completos’, que encontraram sua metade, e nunca dão as caras. Bem, já faz algum tempo que digo não procurar minha metade. Estou completa. E, sinceramente, acho que isso faz toda a diferença.

Quero um parceiro, um companheiro, alguém para dividir e somar, claro, meus sonhos, angústias, medos e prazeres. Alguém que me respeite como sou. Alguém que saiba que amo ir ao samba às sextas, que não abro mão de amigos, inclusive dos homens, que adoro fazer novas amizades, que falo pra caralho, que sou simpática e, logo, não estou dando mole para fulano ou beltrano. Tem que aceitar que amo meu trabalho e que este vem sim em primeiro lugar. Sacou? A pessoa que estiver comigo tem de gostar de mim assim: repleta de defeitos e qualidades.

Não pretendo abrir mão de mais nada na vida. A gente crese, amadurece, sofre pra caralho. Porra, temos de aprender alguma coisa. Uma delas é preservar nossa essência. Vamos manter o foco !!! Se somos agradáveis, topamos tudo, vamos a 3435 eventos no momento da conquista, pq parar de fazer tudo isso depois de alguns meses de relacionamento? Se sabemos que a pessoa respira determinado tipo de atividade, ora, pq pedir para a pessoa abandonar isso? Não faz sentido. É preciso manter a emoção um pouco de lado e agir com a cabeça. Difícil, eu sei, pra caralho, mas temos de tentar.

Agora é bola pra frente. Vamos aprender comos erros e tentar não repetí-los pq aí é muita burrice.

No sense !!!!

Ora, ora. Cancelaram o show que haveria domingo na Praia de Botafogo em homenagem aos 444 anos do Rio. Decisão mais acertada do ano. Programaram os seguintes shows para lá: Afro Samba, Pixote, Sorriso Maroto, Leandro Sapucahy, Arlindo Cruz, Furacão 2000, Perla, Bonde dos Havaianos e MC Marcinho.

Já na Cidade de Deus, os shows são: Caetano Veloso, Dudu Nobre, Martinália, entre outros. Algo errado, não? Acho que trocaram o público. Levar Bonde dos Havaianos, Pixote e Sorriso Maroto para Botafogo e colocar Caetano na favela? Não que os moradores da CDD não mereçam, o show deve acontecer por lá, mas, para mim, tá claro que a pessoa que escolheu os músicos para cada palco não tem a menor noção do público alvo de cada região.

Na boooa, aposto que o povo da CDD iria preferir assistir a MC Marcinho, não?

ok ok

A maioria das amizade tudo já sabe, então vou escrever aqui. Catei um fotógrafo lá na Sapucaí. Ele é de SP e, no fim, o moço ficou no aeroporto. Foi bacana, ok, mas achei que tivesse terminado ali. Mas o cara é muiiito paulista. No dia seguinte me passou umas 5 mensagens de texto. Queria até saber se eu já tinha contado pras amizade tudo. Ligou umas 3 vezes e hj trocamos uns 30 e poucos e-mails. Ele tá mega empolgado, fazendo planos para vir para o Rio. Sei lá, não to na mesma vibe, mas to deixando rolar né… vai que pega rs.

Tá lá no….

…. JB on line:

” Uma pesquisa liderada por cientistas finlandeses sugere que excesso de trabalho pode aumentar o risco de declínio mental e, possivelmente, de demência. Demência é um termo genérico que descreve a deterioração de funções como memória, linguagem, orientação e julgamento. Existem vários tipos de demência, mas o mal de Alzheimer, com dois terços dos casos, é a forma mais comum.

O estudo analisou 2.214 funcionários públicos britânicos de meia idade e descobriu que aqueles que trabalhavam mais de 55 horas por semana tinham menos habilidades mentais do que os que faziam o horário normal. A pesquisa, divulgada na publicação científica American Journal of Epidemiology, descobriu que os que trabalhavam demais tinham problemas com a memória de curto prazo e lembrança de palavras.

Ainda não se sabe a razão de o excesso de trabalho causar estes efeitos no cérebro, mas os pesquisadores afirmam que os fatores mais importantes podem incluir o aumento de problemas do sono, depressão, estilo de vida prejudicial à saúde e o aumento do risco de doenças cardiovasculares, possivelmente ligados ao estresse.

– As desvantagens das horas extras devem ser levadas a sério – afirmou a pesquisadora que liderou a pesquisa Marianna Virtanen, do Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional.”

PS: Por isso que estou curtindo muito minhas férias. Viva o Zé Pereira !!! O carnaval ainda não acabou !!!!

ahahaha

Gentem, não posso contar detalhes aqui, mas hoje pela manhã, depois que saí da Sapucaí, passei por uma situação engraçada. Pra mim, claro. Constrangedora para outra pessoa. Eu ria tanto, mais tanto… e lembrava de uma amiga que tinha passado por situação semelhante. Aí, ria mais ainda. A vontade que tinha era de pegar o celular e contar para todas as amigas, mas estava com sono né rs. Precisava dormir umas horinhas… rs Não vejo a hora de encontrar algumas pessoas. Preciso dividir isso pessoalemente pq envolve todo um gestual rs.

Fantasias….

…. até agora, a fantasia mais criativa que vi nos blocos de rua foi a de Paula Oliveira, a louca brasileira que simulou ter sido atacada por neonazistas na Suíça !!!! Uma menina pintou no corpo as iniciais do Partido do Povo da Suíça (SVP), de extrema direita. Sensacional.

Mas, ainda pode ficar melhor. Acho que a fantasia ideal para a folia é de Sergio Naya. Nada como comemorar a morte do cara justamente no Carnaval, 11 anos depois da queda do Palace 2. Dei a dica para um amigo, ele gostou. Vamos ver se rola. Depois coloco aqui as fotos das fantasias.

No baile do Trapiche, a que mais me impressionou foi a de múmia. O maluco se enfaixou por completo, só deixou um olho de fora, e ficou horas sem mijar. Sério, não dava. Impressionante rs.

Já as minhas, de todas, a que fez mais sucesso foi a de noiva. Geral me pedia em casamento. Gostei rs. A de Joaninha tb abalou, mas as cantadas eram menos criativas. rs Sem contar que alguns me chamavam de borboleta. Tem home que é burro pra caralho rs.

Entrei pra tribo rs

Lembra do Índio que conheci no Céu na Terra? Pois bem, já reencontrei com ele em dois blocos e sem marcar !!! No segundo encontro, ele me agarrou e disse que precisava me dar o beijo prometido. Acredite, foi boooommmm. Mas só dá para beijar mesmo. O moço, que mora em Juiz de Fora e é professor de capoeira, não tem nada na cabeça. Zero papo. É pegar e largar !!!! rs

Sapucaí !!!

Parte da exaustão física também se deve ao fato de eu ter passado as duas últimas noites acordada na Sapucaí. Cansa, mas adoro. Simplesmente o máximo. Gosto tanto que dei uma parada nas férias só para cobrir a folia.

Além da farra, das escolas, a gente sempre reencontra os amigos. E foram muiiitos os reencontros. Um deles em especial me deixou bem feliz. Que tudo !!!!

Ainda to viva!!!

Sei que estou sumida, mas ok, vamos combinar, é carnaval e estou de férias. Isso significa que tenho ido a todos os bons blocos desta cidade. Eu achava que o melhor tinha sido o Sassaricando, na Glória. Ledo engano. O mais carioca e divertido de todos os blocos até agora foi o “Exalta Rei”, na Urca. SENSACIONAL. O bloco saiu às 16h pelas ruas do bairro tocando as músicas de Roberto Carlos em ritmo de marchinha.

O ponto alto, o grande momento, foi a chegada ao prédio do Rei. Sério. Inesquecível. Roberto Carlos apareceu na janela. Eu e um amigo tentamos puxar o coro de “pula, pula”, mas a multidão queria mesmo que ele descesse. Lá pelas tantas, depois de muitos acenos, o povo começou a berrar “Rei, desce pro play ! Rei, desce pro play !”. E ele desceu.

Tenho um filme para provar. Depois vou subir no You Tube. Simplesmente o máximo. O rei estava animadíssimo e a galera foi ao delírio. Tinha gente fantasiada de tudo. De Maria Rita a filho adotivo do Rei.

Por falar em filho, ontem, no camarote da Brahma, entrevistei Dudu Braga, filho do homi. E não é que ele comentou do bloco. Disse que tinha jantado com o pai e que ele estava muito feliz por ter sido homenageado. O que Dudu não esperava era que eu sacasse o celular da bolsa e ligasse o vídeo para ele ouvir (claro, o maluco é cego). Ele ficou muito contente por perceber a festa que o povo fez para o pai. fantástico !!!

Sirviçu rs

Alowwwwwwwwww vc que gosta de beber. A PM vai passar o bafômetro hj a partir das 19h. Se for beber, vá de táxi . Eis o que as fontes me passaram:

*CENTRO E CENTRO HISTÓRICO*

*19H *- PRAÇA DA HARMONIA EM FRENTE AO 5 BATALHÃO. TÉRMINO PREVISTO PARA
ÁS 3H

*A JORNALISTA ANGELA MARTINS FARÁ O ATENDIMENTO À IMPRENSA (8721 6692)*

* *

*ZONA SUL *

*22H *- SUBPREFEITURA NA AV.EPITÁCIO PESSOA 3000 .TÉRMINO PREVISTO PARA
ÁS 3H

*ZONA NORTE*

*22H-* PRAÇA RIO GRANDE DO NORTE, NA RUA DR. LEAL, ENGENHO DE DENTRO .
TÉRMINO PREVISTO PARA ÁS 3H

*GRANDE TIJUCA*

*22H -* PORTÃO 18, MARACANÃ – TÉRMINO PREVISTO PARA ÁS 3H

*BARRA E JACAREPAGUÁ*

*22H *- SUBPREFEITURA DA BARRA – AV. AYRTON SENNA 2001

*ZONA OESTE*

*22H *SUBPREFEITURA – RUA DOM PEDRITO NÚMERO 1, CENTRO DE CAMPO GRANDE

ÍNDIO QUER APITO…

O resto da musiquinha vc já sabe, claro. A introdução é para contar um fato engraçado. Claro que só podia ser na minha vida: estou trocando e-mails com um índio. Óbeveo que não é nenhum índio de nenhuma tribo de verdade (dããããã para vc que caiu na pegadinha). To falando sobre um cara que estava vestido de índio no Céu na Terra e pediu para tirar uma foto comigo. Nem pensei (também com tanto prosecco na cabeça… rs) e topei.

Horas depois, quando já estava indo embora, passei pelo índio e disse a ele que queria a foto por mail. Disse qual era o meu endereço (que é bizarro de fácil) e fui embora. Eis que, para minha surpresa, o indígena picareta mandou uma mensagem. Queria saber se era eu mesmo. Vou copiar aqui um trecho da última mensagem. Sensacional !!!!

“Ae Renatinha

Segue a foto então….
Foi pena vc naum ter me dado nem um beijinho, hehehehehe

Beijos”

Nem preciso dizer que respondi ao gracejo. Se tudo der certo, ou seja, se o destino quiser, vamos nos encontrar em outro bloco rs. O cara não é de se jogar fora. Tudo o que consegui descobrir sobre ele é que o maluco dá aula de capoeira para crianças carentes (foda né, muito fofo). Já pensou o gingado que ele deve ter??? sensacional !!! Imperdível !!! To doida pra conhecer a oca do maluco rs. Quem sabe neste finde !!!! E viva o Zé Pereira !!!!

PS: O cara não vive numa aldeia, mas é praticamente um excluído digital, não tem quase nada sobre ele na rede. Foda !! Assim dificulta o trabalho de investigação rs.

Cansada…

… estou de férias e fica até chato reclamar, mas estou cansada. Esta vida de folia no Rio é de matar. Sábado, às 7h, já estava na casa de um amigo para o esquenta do Céu na Terra. O bloco em Santa Teresa foi ótimo. Muito divertido !!! Mas a parada não acabava nunnnca. Até mesmo dentro de um caminhã, em Laranjeiras, me enfiaram rs. Explico: este amigo é chegado a novas amizades e acabamos de papo com dois caras que fazem mudança e, nas horas vagas, cantam. Ele ficou uns 40 minutos tocando violão com os malucos. Foi muito divertido, sobretudo pq o repertório era bem bregaaaa. Sensacional. Cheguei em casa umas 21h e, mesmo assim, só para tomar banho e ir pra um aniversário.

Domingo, o dia tb foi puxado. Primeiro, Escravos da Mauá. Depois, Gigantes da Lira. UFA!!!! Nem preciso dizer que minha casa está repleta de confetes. Pra qualquer canto que olhe, confete. No quarto, confete. No banheiro, confete. Na cozinha, confete… meu sutien é um depósito de confetes. Impressionante. É chegar em casa, tirar a roupa e pronto, parece que um mini bailinho tá rolando lá no apt. rs

Como se não bastasse, hj ainda fiz uma hidroginástica básica na casa da minha mãe !!! rs Preciso dormir, mas não vou, claro, pq daqui a pouco tem Devotos da Madá, lá na Lapa. ME CHAMA QUE EU VOU !!!!!!!!!! rs

repassando por motivo de utilidade pública rs…

Alô escravos e escravas da Mauá, cabrochas e rapaziada!

Domingo (15/2) está chegando! E com ele chega a hora do nosso fabuloso
desfile, o décimo-sétimo da história da nossa agremiação!!! A
concentração começa às 10 e meia, no Largo de São Francisco da
Prainha, nossa sede social a céu aberto. E o desfile sai quando for
possível, o que deve ocorrer por volta das 13:00h.

Algumas observações relevantes:

– Esse ano teremos uma COMISSÃO DE FRENTE, que evoluirá em torno da
porta-bandeira e do mestre-sala, garantindo um círculo de espaço para
eles. Estamos conclamando os amigos e amigas, especialmente os da
velha guarda do bloco, para formar conosco esse cordão, que sairá à
frente do desfile. Haverá chapéus especiais para quem for compor a
comissão de frente. Quem quiser participar, chegue no inicio da
concentração e pegue logo seu chapéu com Pedro (do pandeiro) ou com
Cristina Lemos (fundadora), organizadores desse abre-alas, que promete
ser bastante divertido.

– Como sempre, nosso desfile é aberto a todos, COM OU SEM CAMISETA do
bloco. É claro que ficaremos muito felizes se você vier vestindo
camiseta dos Escravos da Mauá (de qualquer ano), e mais ainda se
quiser adquirir a nossa camiseta 2009, “a que adere ao seu corpinho”
(para tanto haverá uma banquinha de venda, no local que nos serve de
palco nas noites de roda de samba). O desenho da camiseta é de
Patricia Reinheimer, que venceu o concurso 2009. Tanto a camiseta
quanto o samba 2009 (“A festa do Lava-pés / O Rio é de todos nós”, de
autoria da Velha Guarda da Ala dos Compositores dos Escravos da Mauá e
cuja letra segue abaixo) saúdam a chuva e a lua cheia que prestigiaram
assiduamente nossos eventos desse ano.

– As FANTASIAS são muito bem vindas e, desde que passamos nosso
desfile pro domingo, elas ficaram mais freqüentes, alegrando ainda
mais o nosso desfile. Se quiser dar preferência às cores do bloco,
venha de azul e amarelo!

– Pedimos encarecidamente aos nossos queridos foliões que deixem em
casa seus PERTENCES de valor material, afetivo ou espiritual, e levem
para o desfile apenas o necessário. A experiência tem mostrado que não
é necessário, nesse dia, portar uma coleção completa de cartões de
crédito internacionais, certificado de reservista, diploma
universitário, título de eleitor, o 1º dentinho de seu filho, figa
benzida pessoalmente por Mãe Menininha do Gantois, nem cartão de
vestibular (embora no fim do desfile, tenhamos sempre vários desses
itens trazidos ao carro de som e em seguida procurados por foliões em
desespero).

– Pedimos também aos nossos foliões que NÃO comprem bebidas em garrafa
de vidro. Temos essa combinação com os barraqueiros e ambulantes da
praça (que inclusive formaram uma associação nesse sentido), mas no
dia do desfile surgem isopores e rolimãs de tudo que é lado. Nossa
única força para evitar acidentes indesejados é NÃO comprar de quem
vende garrafas. Ajude-nos também, lembrando aos vendedores
“distraídos” que não devem trafegar no interior do bloco e sim nas
laterais. Carrinho é na lateral; no meio, só carnaval!

– Como de hábito, teremos, ATRÁS da bateria, um PUXADINHO de corda,
para os amigos que querem tocar seus pequenos instrumentos (atenção:
pequenos instrumentos não incluem surdo, caixa, repique, nem piano de
cauda: apenas tamborins, chocalhos, reco-recos e agogôs). O puxadinho
NÃO é uma área vip e sim um espaço complementar à bateria. No espaço
destinado à bateria, sai somente a bateria, liderada pelo Mestre
Penha. À frente, nossa querida madrinha de bateria, Michelle.

– Teremos esse ano dois CARROS DE SOM, para tentar distribuir melhor a
sonorização ao longo do bloco, reduzindo a pressão e aglomeração sobre
a bateria e carro principal.

– Recebemos o apoio do Movimento Nacional de CATADORES de Materiais
Recicláveis, seção Rio de Janeiro, que congrega várias cooperativas. É
mais uma medida (junto com o bloco da COMLURB, que passa logo em
seguida ao desfile) para que possamos devolver ao bairro as ruas
limpas logo após a folia. Também nesse sentido, tivemos a garantia de
instalação de banheiros químicos pela Prefeitura.

– Vale dizer que este ano estamos vivendo um carnaval de excelentes e
promissoras parcerias: a) com a Prefeitura – por meio da Secretaria de
Turismo / Riotur, da Subprefeitura do Centro Histórico e de todas as
instâncias municipais envolvidas com o carnaval de rua (banheiros
químicos, coleta de lixo, grades e controle urbano para coibir os
ambulantes no meio do bloco); b) com o Governo estadual, por meio de
sua Secretaria de Cultura e do 5o BPM; c) e, é claro, com a
SEBASTIANA, a associação na qual se reuniram os blocos mais
tradicionais da Zona sul, Centro e Santa Teresa, que trouxeram de
volta a alegria do carnaval de rua carioca – espontâneo, livre e
popular!

(aqui cabe um VIVA! aos nossos sempre inspiradores Bafo da Onça,
Cacique de Ramos, Cordão da Bola Preta, e a tantos outros que nunca
deixaram morrer essa chama).

Bom carnaval prá todo mundo! Chegue cedo na concentração! A partir de
10:30 estaremos lá! Ó os Escravos da Mauá aí,
gente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Eliane, pelos ESCRAVOS DA MAUÁ

=========
LETRA DO SAMBA:

O RIO É DE TODOS NÓS (OU “A FESTA DO LAVA-PÉS”)

Quero namorar o teu sorriso, amor
Quero imaginar o teu olhar
Quando a lua vem, se uma chuva cai
E as águas lavam a Pedra do Sal

Quero mergulhar dentro do caldeirão
Quero me afogar nesse calor
Quando o bloco sai, uma onda vem
A Prainha inunda com meu carnaval

Sobe a maré, som de trovão…
No toró chabu não dá pé !
A batucada aqui não pára não
Vem do baú, vem do coração

Salve o Escravos da Mauá
Me leva na festa do lava-pés
Prá gente sambar na paz
Que o Rio é prá todos nós

Mauá, na festa do lava-pés
Prá gente ficar feliz
Se o samba é por nós …

Quem vai pedir bis ?

saca só…

Eis meu trânsito astrológico do momento. Perfeito: “A palavra-chave do momento é incoerência. Então, não se impressione muito com acontecimentos imprevistos e coisas que lhe soarão como maluquice total, do estilo de alguém lhe dizer uma coisa e na “hora h” fazer outra totalmente diferente, ou você determinar-se a algo e então perceber que não estava de fato assumindo um compromisso persistente.”