Prova

Em instantes começo minha prova de espanhol. Torçam!

Anúncios

Já que….

…. o tema descambou pro sexo, meu amigo de Angola me contou por msn que lá, as sextas-feiras são chamadas de “O DIA DO HOMEM”. Isso mesmo, segundo ele, os homens saem pra beber e deixam as mulheres largadas. Logo, o índice de infidelidade é alto. Tanto que, segundo ele, quando um pai não reconhece a paternidade, quando desconfia de galhadas, seus bens ficam para os sobrinhos. Muito louco né. Cultura estranha demais …

Fale a verdade, sempre…

… sou adepta ao fale a verdade sempre. Sei que nem sempre isso é muito inteligente,mas não sei ser diferente. Pois bem, hj, de papo no gtalk com um amigo, ele me contou que já mediu sim o tamanho do seu pau e disse mais “todo adolescente faz isso”.

Pois bem, ele disse ter ‘em ponto de bala, muito excitado: 17,02, mas fica em 16,5 normalmente” E o seu, caro leitor, qual o tamanho? Não vale mentir !!!!

Participe !!!

hashtagforasarney(1)

E aí, vamos fazer algo para mudar o país? Ou tentar, ao menos? Confira os locais da manifstação Fora Sarney em sua cidade:

Belo Horizonte* Dia 01/07, quarta-feira, Praça da
Liberdade, às 14h! RT & Passe pra frente!

*Rio* 01/07 13h, na Cinelandia!

*Porto Alegre* 1/07 quarta 12h30mim na Praça da Matriz!

*Campo Grande*, MS, vamos nos reunir quarta 01/07 18h Praça do Rádio.

*SP* dia 01/07
19h Marcha #forasarney concentração no MASP. Tragam apitos e buzinas!

Brasília.* Dia 1 de julho 19h, na frente do congresso.

*Campinas*, (01/07), 19h na frente da prefeitura!

Recife dia 01/07 ás 17h na Praça do Diário centro!

Goiania dia 01/07 as 19h na Assembleia Legislativa!

Florianópolis – 01/07, 19h, Assembléia Legislativa.

Curitiba – 05/07, 15h, Praça Tiradentes

Natal – 01/07, 15h, Praça Cívica.

Manaus – 01/07, 19h, Parque dos Bilhares.

O GUERREIRO GENGHIS KHAN

Isso mesmo, sacou o título do post? Pois bem, domingão fui com amigos no Cine Santa assistir ao filme ‘Apenas o fim’. Bem, pelo menos esta era a idéia. O cinema estava lotado e não conseguimos sentar todos juntos. Beleza. Qdo começou o filme alowwwwwwwwwwwwww o que é isso? pensei. Juro que tentei, mas não consegui evitar a gargalhada. Estávamos na sessão de “o Guerreiro Genghis Khan”, filme mega ultra bizarro que tem a Mongólia como cenário.

Era tudo muito tosco. Muitas lutas sem fim, sem sentido. O roteiro louco demais. Eu, pra variar, ria sempre. Por mim, teria saído nos primeiros 5 minutos, mas Kadu quis ficar. Ok. Duas horas de tortura.

Sério, a parada era tão bizarra que em uma das 3454654 mil cenas de morte, aparece um malandro morto, caído, mas ainda segurando uma mega espada pesada. Incrível. E como os mongóis conseguem se reconhcer?? São todos iguais. Bem, se vc é meu inimigo tá aí um filme imperdível ahaha

Confesso que o mais interessante no cinema foi o sorteio de um saco de pão produzido por uma artesão de Santa. Sério, não tinha nenhum aqui em casa e fiquei a dois números da pessoa sorteada. Foi por pouco rs.

Michael Jackson

Não escrevi nada sobre a morte de Michael Jackson. Foi um grande músico, dançarino, artista e .. uma pessoa muito louca. Aliás, tudo na vida dele foi muito louco. Agora nem os filhos são deles, é o que diz a tal mãe. Muita loucura. Bem, que MJ descanse em paz, pelo menos agora.

Festejos juninos

Vanessa, eu e Danieli. As irmãs Victal !!!
Vanessa, eu e Danieli. As irmãs Victal !!!
Quem me conhece sabe que AMO festas juninas. Prova disso é sair do Rio sábado, às 20h, para ir até uma festa do tipo em Araruama e volta ao meio dia do dia seguinte. Sim, programa para fazer com carteirinha da Funai, como diz meu amigo Chico,mas foi muito bacana.

Outra festa arretada foi a do colégio da minha sobrinha. Não apenas pelo fato dela ter estado linda e dançado de forma graciosa, mas por ter pago o MEGAAAAAAAA mico de cruzar o bairro caracterizada, às 11h. Isso mesmo, prometi pra menina que iria de caipira e improvisei uma, como vcs podem ver na foto rs. O que a gente não faz pela alegria da criançada? rs

Bem….

…. sumi, fato, pq a liberdade me toma muito tempo. Hj, por exemplo, era para eu estar em Honduras, mas a viagem foi adiada por causa do golpe de estado. Uma pena. Adoraria estar lá agora. Sem contar que o hotel onde ficaria é tudo de bom. Cinco estrelas. Mas, ok, vida que segue.

Caracaaaaa

Estou chorando muito. Que episódio foi este de Grey´s Anatomy?? PQP !! Vou ficar sem lágrimas, me fez até vir ao computador e voltar a escrever no blog. Não sei se devo contar, ah, vou contar: Gentem, o Karev e a Izzie se casaram no dia e local onde Meredith casaria. O motivo: ela tem outro tumor no cérebro e praticamente inoperável. Foda né. Chorava a cada palavra que Karev dizia no altar. Ó céus, estou emotiva demais. Acho melhor parar por aqui. Please, não me deixem assistir ao especial de duas horas da segunda que vem. Acho que vou ficar com os olhos vermelhos por uma semana de tanto chorar.

Sucesso total…

… o Projeto Terça na Dinda foi um sucesso. Saí do trabalho, fui pra casa da minha sobrinha e ela estava lá, pronta pra ir pra minha casa. Assistirmos a um DVD dos Batutinhas (ela amou rs) e depois fomos para o meu lar doce lar. Ela, como sempre, repara em tudo. Ficou encantada com algumas mudanças que fiz na decoração. Falava coisas do tipo “Esta vela é nova né, que linda!” ou ainda “Adoro sua casa, toda arrumadinha”. Uma fofa né.

Cõmo não nega o sangue, pediu para que eu colocasse um DVD de ‘sambinha’. Dei 343243 mil opções e ela escolheu o da Maria Rita. Precisavam ver a pequena sambanda. Toda desajeitada. Toda feliz. Toda fofa. Aí, fui sambar com ela. Coitada, a menina tem bom senso e percebeu quenão sabe sambar, mas mandou “Quando eu crescer, aprendo né”. Uma fofa.

Cansada do samba, pediupara ouvir o No No No de Amy Winehouse. Da sala seguimos para o quarto e passamos horas desenhando e pintando. Eu, claro, já estava morrendo de sono às 22h, mas a menina estava firme e forte. Sem dúvida, foi 1×0 para a Giovanna rs.

Mas, ok, lá pelas 12h30 ela dormiu. UFA! E eu.. nada. Sério, não consegui ter 3 horas de sono consecutivos. Acordava a toda hora para checar se ela estava bem, se estava com frio, se a fralda estava mijada e afins. Uma loucura. Ela amou e já proclamou que quer mais na semana que vem. FOFAAAAAAAA !!!

Hoje….

…. começo o projeto “Terça na Dinda”. Isso mesmo, é um projeto e, como todo projeto, não sei se vai dar certo. A idéia é levar minha sobrinha para passar as noites de terça lá em casa. Além de dar um alívio para os pais, uma noite free rs, vou estreitar minha relação com a pequena. A proposta inclui assistir a um DVD infantil, comer pipoca, dar banho de espuma nas bonecas e brincar na internet. Amanhã conto sobre o sucesso ou não da empreitada rs.

Carpe Diem!

.. Recebi o texto de uma amiga. Não sei a autoria, achei belo e propício:

Carpe Diem!

Aí um dia você toma um avião para Paris, a lazer ou a trabalho, em um vôo da Air France, em que a comida e a bebida têm a obrigação de oferecer a melhor experiência gastronômica de bordo do mundo, e o avião mergulha para a morte no meio do Oceano Atlântico. Sem que você perceba, ou possa fazer qualquer coisa a respeito, sua vida acabou.

Numa bola de fogo ou nos 4 000 metros de água congelante abaixo de você naquele mar sem fim. Você que tinha acabado de conseguir dormir na poltrona ou de colocar os fones de ouvido para assistir ao primeiro filme da noite ou de saborear uma segunda taça de champagne com o cobertorzinho do avião sobre os joelhos. Talvez você tenha tido tempo de ter a consciência do fim, de que tudo terminava ali. Talvez você nem tenha tido a chance de se dar conta disso. Fim.

Tudo que ia pela sua cabeça desaparece do mundo sem deixar vestígios. Como se jamais tivesse existido. Seus planos de trocar de emprego ou de expandir os negócios. Seu amor imenso pelos filhos e sua tremenda incapacidade de expressar esse amor. Seu medo da velhice, suas preocupações em relação à aposentadoria. Sua insegurança em relação ao seu real talento, às chances de sobrevivência de suas competências nesse mundo que troca de regras a cada seis meses. Seu receio de que sua mulher, de cuja afeição você depende mais do que imagina, um dia lhe deixe. Ou pior: que permaneça com você infeliz, tendo deixado de amá-lo. Seus sonhos de trocar de casa, sua torcida para que seu time faça uma boa temporada, o tesão que você sente pela ascensorista com ar triste. Suas noites de insônia, essa sinusite que você está
desenvolvendo, suas saudades do cigarro.

Os planos de voltar à academia, a grande contabilidade (nem sempre com saldo positivo) dos amores e dos ódios que você angariou e destilou pela vida, as dezenas de pequenos problemas cotidianos que você tinha anotado na agenda para resolver assim que tivesse tempo. Bastou um segundo para que tudo isso fosse desligado. Para que todo esse universo pessoal que tantas vezes lhe pesou toneladas tenha se apagado. Como uma lâmpada que acaba e não volta a acender mais. Fim.

Então, aproveite bem o seu dia. Extraia dele todos os bons sentimentos possíveis. Não deixe nada para depois. Diga o que tem para dizer.

Demonstre. Seja você mesmo. Não cultive amarguras e sofrimentos.
Prefira o sorriso. Dê risada de tudo, de si mesmo. Não adie alegrias nem contentamentos nem sabores bons. Seja feliz.

Mentiras e mediocridade

Não sei o que você, leitor, pensa sobre o tema, mas acho que pessoas mentirosas são muito medíocres. Acabei de descobrir algo que está sendo tramado por baixo dos panos. É algo completamente na surdina, feito a portas fechadas, e-mails secretos, mas sabe como é né, o mundo é uma ervilha. Todo mundo conhece todo mundo, ainda mais no meio jornalístico. Impossível esconder um segredo.

Em momentos como este fica ainda mais evidente a forma dissimulada como algumas pessoas agem. Incrível, não consigo ser assim e, não sei porque, mas ainda me surpreendo com pessoas deste tipo. Volta e meia elas passam pela minha vida, mas não me acostumo com isso. O que será que passa pela mente delas? “Posso mentir, posso fazer o que quiser porque ninguém vai descobrir?” Quanto ingenuidade.

É isso, o post é só pra reforçar que mentira e mediocridade, para mim, são a mesma coisa.

Doação de órgãos…

… Sempre fui favorável à doação de órgãos e tecidos. Cheguei a registrar que era doadora em minha carteira de motorista, quando ainda havia esta possibilidade. Pois, bem, acho que devo fazer mais e, por isso, vou publicar aqui, vez ou outra, material que possa fazer com que vc seja também um doador. Li esta matéria (que está mais abaixo) no Uol. Tem um vídeo interessante tb.

Já fiz uma série de reportagens sobre doação lá no Hospital do Fundão e fiquei impressionada com a angústia de quem espera por um órgão. É um sofrimento grande para pacientes e parentes e um sofrimento que, na maioria das vezes, pode ser minorado. A gente não lembra, mas agora, por exemplo, em que estou aqui, no trabalho no ar condicionado, vida boa, tem uma galera esperando por um rim, fígado, córnea, coração,… gente que está com a vida parada, em um leito de qualquer hospital. Gente que morre a cada minuto.

E nós, como podemos ajudá-los. Doar a medula óssea, por exemplo, é um caminho. Não nos custa nada. Só precisamos tirar um pouco do nosso sangue e aguardar para que encontrem alguém compatível. A gente vai então ao hospital e os médicos fazem a retirada da nossa medula, com uma seringa. Dói um pouco, mas ficamos ótimos rapidamente e ainda salvamos vidas. Então, o que você está esperando para se tornar um doador ?

“A espera de pacientes por um transplante de medula óssea pode ser longa no Brasil. O Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea tem hoje um milhão de doadores voluntários cadastrados. O número ideal seria o de, pelo menos, cinco milhões. Isso porque a chance de compatibilidade entre doador e receptor é de uma em cem mil. Mas no Brasil essa chance pode ser ainda menor, de uma em um milhão, em decorrência da mistura de raças dos brasileiros.
Na cidade de São Paulo os doadores voluntários podem se registrar no Hemocentro da Santa Casa, na rua Marques de Itu, 579, Vila Buarque, região central da cidade. O telefone para mais informações é 11.2176.7000 ou 11.2176.7249. Reportagem: Daniela Paixão. Visite o UOL Notícias http://noticias.uol.com.br”

Fui até o site do Inca, aqui no Rio, e vou copiar aqui algumas perguntas e respostas. To facilitando seu trabalho hein rs.

O que é medula óssea?
É um tecido líquido que ocupa o interior dos ossos, sendo conhecida popularmente por ‘tutano’. Na medula óssea são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas. Pelas hemácias, o oxigênio é transportado dos pulmões para as células de todo o nosso organismo e o gás carbônico é levado destas para os pulmões, a fim de ser expirado. Os leucócitos são os agentes mais importantes do sistema de defesa do nosso organismo, inclusive nos defende das infecções. As plaquetas compõem o sistema de coagulação do sangue.

O que é transplante de medula óssea?
É um tipo de tratamento proposto para algumas doenças malignas que afetam as células do sangue. Ele consiste na substituição de uma medula óssea doente, ou deficitária, por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula. O transplante pode ser autogênico, quando a medula ou as células precursoras de medula óssea provêm do próprio indivíduo transplantado (receptor). Ele é dito alogênico, quando a medula ou as células provêm de um outro indivíduo (doador). O transplante também pode ser feito a partir de células precursoras de medula óssea obtidas do sangue circulante de um doador ou do sangue de cordão umbilical.

Como é o transplante para o doador?
Antes da doação, o doador faz um exame clínico para confirmar o seu bom estado de saúde. Não há exigência quanto à mudança de hábitos de vida, trabalho ou alimentação. A doação é feita por meio de uma pequena cirurgia, de aproximadamente 90 minutos, em que são realizadas múltiplas punções, com agulhas, nos ossos posteriores da bacia e é aspirada a medula. Retira-se um volume de medula do doador de, no máximo, 10%. Esta retirada não causa qualquer comprometimento à saúde.

Como é o transplante para o paciente?
Depois de se submeter a um tratamento que destrói a própria medula, o paciente recebe a medula sadia como se fosse uma transfusão de sangue. Essa nova medula é rica em células chamadas progenitoras, que, uma vez na corrente sangüínea, circulam e vão se alojar na medula óssea, onde se desenvolvem. Durante o período em que estas células ainda não são capazes de produzir glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas em quantidade suficiente para manter as taxas dentro da normalidade, o paciente fica mais exposto a episódios infecciosos e hemorragias. Por isso, deve ser mantido internado no hospital, em regime de isolamento. Cuidados com a dieta, limpeza e esforços físicos são necessários. Por um período de 2 a 3 semanas, necessitará ser mantido internado e, apesar de todos os cuidados, os episódios de febre são quase uma regra no paciente transplantado. Após a recuperação da medula, o paciente continua a receber tratamento, só que em regime ambulatorial, sendo necessário, por vezes, o comparecimento diário ao hospital.

Quais os riscos para o doador?
Os riscos são poucos e relacionados a um procedimento cirúrgico que necessita de anestesia geral, sendo retirada do doador a quantidade de medula óssea necessária (menos de 10%). Esta pequena cirurgia tem duração de aproximadamente 90 minutos e consiste de 4 a 8 punções na região pélvica posterior para aspiração da medula. Dentro de poucas semanas, a medula óssea do doador estará inteiramente recuperada. Uma avaliação pré-operatória detalhada avalia as condições clínicas e cardiovasculares do doador visando a orientar a equipe anestésica envolvida no procedimento operatório.

O que é compatibilidade?
Para que se realize um transplante de medula é necessário que haja uma total compatibilidade tecidual entre doador e receptor. Caso contrário, a medula será rejeitada. Esta compatibilidade tecidual é determinada por um conjunto de genes localizados no cromossoma 6. Por isso, devem ser iguais entre doador e receptor. Esta análise é realizada em testes laboratoriais específicos, a partir de amostras de sangue do doador e receptor, chamados de exames de histocompatibilidade. O laboratório do Centro de Transplante de Medula Óssea funciona no Hospital dos Servidores do Estado. Com base nas leis de genética, as chances de um indivíduo encontrar um doador ideal entre irmãos (mesmo pai e mesma mãe) é de 35%.

O que a população pode fazer para ajudar os pacientes?
Todo mundo pode ajudar. Para isso é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade e gozar de boa saúde. Para se cadastrar, o candidato a doador deverá procurar o hemocentro mais próximo de sua casa, onde será agendada uma entrevista para esclarecer dúvidas a respeito das doações e, em seguida, será feita a coleta de uma amostra de sangue (10 ml) para a tipagem de HLA (características genéticas importantes para a seleção de um doador). Os dados do doador são inseridos no cadastro do REDOME e, sempre que surgir um novo paciente, a compatibilidade será verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir quanto à doação.
O transplante de medula óssea é um procedimento seguro, realizado em ambiente cirúrgico, feito sob anestesia geral, e requer internação de, no mínimo, 24 horas.

Ficou interessado em ajudar? Então procure:
REDOME – Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea
Rua do Resende, 195, térreo – Centro – Rio de Janeiro / RJ
Tel.: (21) 3970-2382 / 3970-4100
Telefax.: (21) 3970-3968
e-mail: redome@inca.gov.br

Serviço

… este blog tb é serviço. Para quem não sabe, o Planetario do Rio oferece uma observação do Céu gratuita de terça a quinta-feira, das 18h30 às 19h30. Hoje o tempo está nublado, talvez não role. Mas é um bom programa né, especialmente para quem vai para a Barra da Tijuca. Foge do engarrafamento amigo, pára ali na Gávea e vai olhar as estrelas. Lembra da música “Olha pro céu meu amor, veja como ele está lindo !”

Dica…

…. para as meninas que sofrem com a impotência de seus pares rs.

“Um russa jovem e bonita, de 32 anos, identificada apenas como Valeria K., está sendo acusada pela justiça de seu país de ter sedado e abusado sexualmente de dez homens na cidade de Tambov.

Após conhecer a vítima, Valeria a convidava para ir até sua casa. Quando chegavam à residência, ela dava uma bebida misturada com clonidina, o que provocava sonolência durante quase 24 horas.

Depois que o homem estava sedado, ela tirava a roupa e mantinha relações sexuais com ele. Valeria usava uma espécie de corda para apertar a genitália e manter a ereção da vítima.

Alguns homens foram parar no hospital com intoxicação por clonidina e com uma lesão no pênis, mas eles pouco lembravam sobre a mulher misteriosa e sobre o que havia acontecido.

Quando foi finalmente identificada, Valeria foi presa. No entanto nem todos os homens pretendem apresentar queixa contra ela.”

Que tal usar a tal cordinha ? rs

Bon voyage

Minha amiga Gabriela está partindo em algumas horas para Paris e nem conseguimos nos despedir. Minhas amigas estão me deixando :(, mas é por uma boa causa. Ok, eu sei que ela vai voltar. Bem, espero que ela aproveite bem a cidade luz. Queria muito estar na bagagem rs

Gabi, Bon voyage. Profitez de Paris. Profitez tout !!!!

Sismógrafo e blog

Tá no Clarin (21/06) ( http://cuaderno.josesaramago.org/) a aspas de Saramago: “-Meu blog não tem ideias em particular. Os sismógrafos não escolhem os terremotos, reagem com os que vão ocorrendo. O blog é isso: um sismógrafo. Quem me lê sabe que pode encontrar a cada dia algo totalmente inesperado. A prática do blog levou a escrita a muitas pessoas que antes pouco ou nada escreviam. Pena que muitas não se preocupem com o estilo. O resultado é que se está escrevendo cada vez mais, e… pior. O blog é um espaço para a reflexão, e não deve surpreender que ilumine a quem escreve.”

Tá aí, meu blog é um sismógrafo !!!

Aloww

E eis que chego hoje no trabalho, abro meus e-mails e me deparo com esta mensagem:

“Oii.. tudoo bom ?
meu nome e Kaymon.
Eu Sou aquele menino que estava do seu lado no show.. do ratos.. vc me deu o email para pegar as fotos xD
PODE ARRANJAR ?
bjos.. linda.. ;**”

ahahah claro que não é pra mim. Jamais iria a um show do Ratos de Porão (que era o título do mail). E, quem me conhece sabe, jamais faria uma foto com uma pessoa chamada Kaymon !!!!