Clarice, sempre…

Sonhe
Clarice Lispector

Sonhe com aquilo que você quiser.
Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas

Anúncios

Piada…

….Recebi por mail do meu tio Carlos. Muito boa.

 Lula X Luciana Gimenez
LG – Presidente, como você perdeu o dedo?

Lula – Foi numa prensa mecânica.

LG – O que é isso, prensa mecânica?

Lula – É uma máquina assim que serve pra prensar e funciona de maneira mecânica.

LG – Ah, tá. Agora entendi. E doeu?

Lula – Menina, eu tava com tanta cachaça na cabeça nesse dia que eu nem
senti nada. Só quando eu olhei pra minha mão esquerda e vi que só tinha
nove dedo que eu pensei: vixe, cadê o outro?

LG – E você ficou muito abalado?

Lula – Eu tive que repensar minha vida. Não dava mais pra conciliar o trabalho com a pinga. Aí eu larguei o trabalho.

LG – Foi aí que você decidiu virar sindicalista?

Lula – Foi. Eu tava um dia jogando sinuca e o Biriba, um cumpanhêro nosso, falou que a polícia tava metendo tudo que é sindicalista em

cana. Como cana é comigo mesmo eu fui lá.

LG – E como é assim sair do nada e de repente virar ídolo nacional?

Lula – Olha, Luciana, eu acho que nós dois temos experiências parecidas. Eu comecei montando num jegue,
e você começou montando num Jagger.

LG – E como é ser presidente? É legal?

Lula – Deixa eu dizer uma coisa pra você. Tem hora que eu fico sozinho
lá no meu gabinete, olho praquelas parede, olho o jardim lá fora e penso:
Rapaz, esqueci de comprar os produto de limpeza que a Marisa me pediu.

LG – Pra terminar eu queria que você dissesse uma palavra de esperança pra quem tá assistindo a gente.

Lula – Vou dizer mais de uma. Eu estou convencido de que esse país tem jeito.
A gente pode tá jogando futebol e de repente toma um gol, toma dois, toma cinco, tem 2 jogador expulso,

o goleiro é míope, o centroavante é perneta, o juiz é ladrão, o gandula demora pra trazer a bola, e a gente
toma mais dois gol e tá tudo uma merda…, mais mermo assim a esperança de que tudo vai dar certo continua lá.

LG – Nossa, que profundo.

Lula – Eu acredito, Luciana. Eu estou mutcho convencido de que aconteça o que acontecer, o amanhã sempre vai chegar.

LG – Bom, muitíssimo obrigada por ter vindo aqui. É o máximo falar com o homem que governa o país.

Lula – Não tem de quê. Eu é que gostei muito de fazer um pograma com você.

LG – Opa, peraí. Eu não sou mais garota de programa.

Lula – Então tamo empatado. Eu também num governo porra nenhuma…

Hj

o dia está apertado. Enquanto espero a máquina acabar de lavar minhas roupas, atualizo blog, leio mails, faço contato com amigas, marco chope. Daqui a pouco, parto para um almoço com uma amiga querida, depois me encontro com outra e à noite, com outra. UFA!!! Será que aguento?? Claro que sim rs. AMO esta vida social agitada.

Surpresas

A gente sempre pode se surpreender com os outros. Isso é fato. Ontem, por exemplo, tive uma boa surpresa. Estava mal, me esvaindo na privada com gastroenterite, só bebendo água e comendo biscoitos sem sal, e meu namorado decidiu me fazer um jantar. Fofo. Passou no mercado, comprou os ingredientes e me fez um purê de batatas com frango grelhado. Amei !!

Para ficar ainda melhor, assistimos juntos ao fim de temporada de Grey´s Anatomy e só não chorei pq ele ficava me zoando. Toda vez que a lágrima se preparava para escorrer ele mandava: vai chorar !!! vai chorar !!! Logo, não chorei.

Mas e aí, viu o episódio? Amei. Acho que O´Malley vai sobreviver pq ele simplesmente não entrou no elevador.  Muito bacana aquele lance do 007. Mal posso esperar pela próxima temporada. Tirando este momento, todo o resto foi bacana. Os diálogos bem escritos, como sempre, e temas tocantes. O que eram aqueles milhões de abraços distribuídos? Fofo. E o casamento ‘fictício’? Fofo.

O que era a cena da Cristina Yang gritando que amava o tal médico louco que ama trabalhar no Iraque. Muito bacana. Dava para perceber a dificuldade dela em expor seus sentimentos. Conheço algumas pessoas como ela,  mas penso que, de fato, é importante expor o que sentimos. Sei lá,  mesmo que não seja para sempre, diga que ama a pessoa, até pq o que dura para sempre? Dito isso, é suuuuuuuupeeeeeeeeerrrrrrrrr válido dizer o que se sente. Se ama alguém, diga. Sabe-se lá se surgirá outra oportunidade? Tá com um aperto no peito meio indefinido, diga.

 Melhor pecar por falar, que por silêncio. Quantos problemas de casais (ou mesmo profissionais) poderiam ser evitados se as pessoas se comunicassem melhor, não. Ficou puto com algo? Fale. Sentiu ciúmes? Fale (nada louco ou desmedido, né). Não tá com muita vontade de fazer determinado programa a dois? Fale. Fale. Fale. Coloque sempre para fora o que pensa, sente, deseja. E seja feliz !