Feliz Natal

Mais um Natal e Ano Novo com meus amados leitores. Como sempre desejo muita paz, saúde, amor, alegrias, banhos de chuva e de papel picado, noites de farra, abraços apertados, cheiro de terra molhada, beijos demorados, compras no shopping, almoços com a família, churrasco com amigos, dias e mais dias na praia, caminhadas na montanha, enfim, que todos consigam fazer tudo aquilo que desejam.

 Que 2010 seja maravilhoso. Para mim, será. Este ano foi corrido. Muitas coisas, só para variar, sendo duas delas maravilhosas, que diminuem qualquer dano causado por pequenas coisinhas chatas. Uma é relacionada à saúde, à cura mesmo, de uma pessoa muiiito importante na minha vida. A outra é meio óbvia né: a chegada de Kadu na minha vida, o pedido de casamento, os preparativos na Igreja. Tudo muiiito bom, muito gratificante, muiiito maravilhoso. Nem tenho como expressar aqui tudo o que estes dois fatos representam em meu peito.

Foi também um ano de balanço de amizades e de plantar algumas sementes. Se tudo der certo, 2010 será mais que maravilhoso e especial para mim e para minha família. Desejo que todos os leitores também se realizem.

 Feliz Natal e um 2010 sensacional !!

PS: Um recadinho rápido. Se você pretende mandar cartões virtual aos amigos, mande pelo site da Nokia. Eles vão dar uma $$ pra Unicef para cada cartão aberto. Muito bacana. Basta clicar aqui.

Anúncios

Sonhos e cobras

uma amiga de trabalho veio na minha mesa dizer que tinha sonhado com duas cobras e estava intrigada. Queria saber o que significava. Não tinha a menor ideia e dei uma pesquisada na internet. Acabei encontrando uma explicação muito bacana e lógica neste site.  

O texto foi elaborado com base em Jung. Vale a pena perder um tempinho pra ler. A mente humana é foda mesmo. Adoro psicologia e afins. Ontem, na terapia, levamos um bom tempo falando sobre artifícios que usamos quando não queremos mandar na lata de outra pessoa o que realmente achamos. Eu, que nunca soube usar isso direito, tenho apelado pra astrologia. Isso mesmo, quando quero justificar uma chatice minha também disparo: “sabe como é né, coisa de virginiano”. Escroto, eu sei, mas tenho me apoiado direto no fato de ter nascido em setembro e me dado o direito de falar “Não vou esperar por fulano, ele está atrasado 40 minutos, vou embora, sou virginiana”. Sacou? Mais escorot que, por vezes, apelo pro ascendente sagitário ahaha. É daí pra pior… um dia, segundo minha terapeuta, vou ter coragem de largar esta muleta e falar mesmo o que penso, sem culpa, sem medo. Vamos ver né .. o tempo dirá.

To adorando…

…. as mensagens de Natal que pipocam em meu e-mail. Amigos são tudo. Aliás, ontem, na madruga, assisti ao filme “Na natureza selvagem” e no fim tem uma frase muito bacana que diz mais ou menos assim: “A felicidade só é verdadeira quando é compartilhada”. Concordo em parte. A frase é foda, mas seria melhor se fosse “A felicidade só é plena quando é compartilhada”.  Não que a gente não possa ser feliz sozinho, mas a plenitude mesmo… é preciso compartilhar com família e amigos. Sem dúvida. Outra frase bacana do longa é “O importante não é, necessariamente, ser forte, mas sentir-se forte!”. Isso é fato !

O filme, a propósito, é ótimo. Assisti por recomendação da Cacá. Incrível a atuação  Emile Hirsch como Christopher McCandless, sobretudo na parte final. O filme é inspirado na história real de um jovem rapaz que abandona sua vida de conforto para buscar a liberdade pelos caminhos do mundo. Não, este não é um filme sobre a vida de São Francisco de Assis. A viagem leva Christopher ao Alasca selvagem e a um desafio supremo: qual o verdadeiro sentido da vida?  Já me fiz esta pergunta diversas vezes e me surpreendo sempre que penso “Não tem sentido”. Como assim, questiono novamente. Vamos apenas viver um dia após o outro, sem nada a fazer por aqui? Nenhuma missão? Nada de especial? Outra coisa que, assim como o personagem, muito me incomoda é com o superficialismo de algumas situações, com o exibicionismo de outras. Sean Penn mandou muiiito bem ao roteirizar e dirigir o longa. Recomendadíssimo !!!

Fim de ano…

…. é uma beleza. Comecei a semana numa champanharia com amigas. Hoje vou almoçar com 3 amigas e, mais tarde, vou pra Lapa com outro grupo. Vamos que vamos…. 2010 vem aí !!!!

PS: A boa notícia fica por conta de um curso que vou fazer ano que vem. Algo muito bacana. Soube ontem que tinha sido aceita. Que tudo !!!!

To impressionada com a

morte da atriz  Brittany Murphy, que estrelou o filme “Recém-casados” (2003) com o ator Ashton Kutcher, e também trabalhou em “Garota Interrompida” (1999), após um ataque cardíaco. Como assim uma pessoa de 32 anos, a minha idade, morre de parada cardíaca. Deus me perdoe, mas sempre penso em outras coisas e combinações tipo drogas, álcool…

Tb impressionada com o acidente de carro do Fábio Barreto. Tomara que ele se recupere.

Finde bom

O finde vai chegando ao fim e, até agora, só elogios. Ontem foi o encerramento da temporada da peça de formatura do Kadu. Foi sensacional. Depois o elenco foi comemorar em um bar de Ipanema e de lá eu e Kadu fomos para o mais querido de todo o RJ: Trapiche Gamboa, no show do Galocantô. Melhor que o show do galinho foi a companhia e as risadas com Aninha e Guará. Valeu tanto a pena que nem fiquei tão grilada com a quantidade de cerveja que Kadu tomou. OK OK era formatura dele né, merecia.

Isso sem contar que pela manhã fomos à feirinha na rua do Lavradio, almoçamos por lá e depois ainda encontrei a casa mega limpa. Na boooa, Cleusa vai pro céu. Acho que a minha casa é a que dá mais trabalho para ela. Disparado…

Hoje, acordamos e fomos pra Praia de Ipanema. Depois uma rápida passagem no shopping e na locadora. A night não tem hora para terminar….

Deve ter…

… mais ou menos uns 2 anos e meio que uma amiga me indicou um cartomante. eu, que adoro as coisas do além, nem pensei duas vezes e me enfiei num quarto/sala/cozinha muiiito apertado no Catete. O prédio era sofrível e a sala do cara era repleta de imagens de santos e afins. Fiquei assustada. Pois bem, ele jogou búzios, cartas, falou sobre uma cigana e fez previsões. Não consigo lembrar se ele acertou. Esqueci mesmo o que o malandro me disse. O que me intriga mesmo é que até hoje o doido me envia e-mails como se fossemos amigos… todo dia chega uma mensagem diferente. A de hj é uma piadinha sobre a importância do cafezinho… Posso com isso? rs

Assumo que….

…. meu blog era mais animado quando eu era solteira. Fazer o que né, a fase de putaria acabou e minhas amigas nÃo me abastecem com histórias suficientes. Como os eventos de fim de ano são muitos, vou tentar pescar algumas baixarias com elas.

Aliás, acabei de lembrar de uma cantada escrota que uma amiga recebeu domingo, durante a feijoada/samba do Imprensa que eu Gamo. Estávamos na pista,  sambando, quando um malandro, lá pelos seus 45 anos, começou a se aproximar. Kadu, de longe, olhava e sorria. Já tinha nos dado o toque (não no sentido literal) de que ele iria chegar em uma de nós.

Pois bem, no intervalo do samba, estávamos sentadas, conversando horrores quando, de repente, uma voz: “Dança comigo?” Minha amiga negou, claro. E aí ele mandou “Poxa, cortei o salão todo para vir falar com vc…”. Nem preciso dizer que o discurso não convenceu minha amiga. Malandro perguntou o nome dela e, claro, demos um falso.

Mas, o pior de toda esta história é que, além de mala, o cara é daqueles que fala cuspindo. Sério, meu ombro ficou todo molhadinho. Nojento

Alowww Rubio

Acabo de receber um depoimento no Orkut do meu amigo virtual Rubio. Depois de meses de ostracismo rs, ele voltou a se comunicar. Já tava com saudades. Ele está indo para SSA e com isso aumenta para 6 o número de amigos que tenho na cidade.  Desejo a ele uma ótima mudança. A cidade é bárbara e deve ser muito bom morar lá.

Ele me recomendou o livro “O Valor do amanhã”, do Eduardo Giannetti. Vou tentar comprar hj mesmo. Fiquei curiosa não só pela sugestão, mas pq corri na internet para ler um resumo do livro e, de fato, acho que vou me interessar.

Falando em livros…to dando um passo importante na realização de um. detalhes na semana que vem.

Perfeita e poética….

… a coluna do Calligaris hj na Folha de SP. Vale a leitura.


NATAL É uma das épocas do ano em que mais viajamos.
Isso é especialmente verdadeiro no hemisfério Sul. Ao Norte do equador, as pessoas tentam reunir suas famílias, que foram dispersas pelo tempo, pelos casamentos, pelas perspectivas de trabalho ou, simplesmente, por cada indivíduo ter anseios de independência e vontade de tocar a vida por conta própria. Ao Sul do equador, a essa vontade de reunião de família, acrescenta-se a proximidade das férias de verão: junte Natal com o Ano Novo, use 15 dias de férias, e lá vamos nós.
Por essa razão, no Natal, as rodoviárias e os aeroportos são sempre abarrotados, pelos viajantes e por seus restos voluntários (lixo) e involuntários (malas extraviadas e crianças perdidas). A quem viaja, aconselha-se levar consigo o necessário para encarar, sem demasiado tédio, filas e esperas intermináveis. É um paradoxo: “Chegue antes porque, de fato, o voo partirá só bem depois do horário previsto”.
Seja como for, muitos de nós passarão um bom tempo naqueles espaços intermediários que são os saguões, as salas de espera, as salas de embarque, em suma, os cenários (menos fugazes do que gostaríamos) de nosso trânsito.
Uma bonita expressão francesa designa esses espaços como “salles des pas perdus”, com ou sem hífen, que significa “salas dos passos perdidos”. Não sei se existe uma etimologia definitiva dessa expressão, mas parece que, originalmente, salas dos passos perdidos são os átrios dos tribunais de Justiça, onde as partes, depois de ter exposto seus argumentos, esperam a decisão da corte em intermináveis idas e voltas de passos “perdidos”, ou seja, movidos só pela ansiedade e pela incerteza quanto ao futuro.
Hoje, a expressão se refere também às salas de espera e aos vestíbulos centrais dos aeroportos e das estações ferroviárias, em suma, a aqueles lugares onde fazemos a hora batendo pernas, lugares que, simplesmente, não são nem nossa origem nem nosso destino, mas sempre apenas transições.
Já assisti a noticiários televisivos de 25 de dezembro em que a notícia eram os “infelizes” que, entre atrasos, tempestades e “overbooking”, passaram a noite do dia 24 no saguão de uma aeroporto. Logo no Natal; é o cúmulo, não é?
Nem tanto. Pense bem, o Natal cristão celebra um nascimento, o de Jesus, que acontece num estábulo, que, para quem viajava a dorso de mula ou de jumento, 2.000 anos atrás, era o equivalente de uma rodoviária ou de um aeroporto.
O Natal anuncia que a vida é uma viagem, não só porque estaríamos em trânsito para outro lugar onde seremos recompensados ou punidos para sempre, mas porque somos todos, como o recém-nascido da festa, viajantes: ninguém vale pela sua ascendência, pelo lugar onde nasceu ou pela tradição a qual ele pertence, mas cada um vale pelo que ele conseguirá fazer com sua vida.
Leitura natalina: no começo do romance de W. G. Sebald, “Austerlitz” (Companhia das Letras), o narrador encontra o professor Austerlitz na sala dos passos perdidos da estação de Antuérpia. Detalhe: se o professor Austerlitz tem um interesse muito especial pelas estações de trem, seus átrios e suas salas de espera, é porque o mundo é uma gigantesca sala dos passos perdidos, em que estamos todos, sempre, em trânsito ou talvez (numa veia mais kafkiana) caminhando em círculos, angustiados, na espera de algum oficial público que nos diga, enfim, qual foi a decisão da corte.
Música natalina: “Salle des Pas Perdus”, de 2001, é o primeiro CD de Coralie Clément (uma jovem cantora francesa, que canta com uma voz ofegante, estilo anos 1960-70). Na letra da música que dá o título ao CD, uma jovem escreve a um moço, propondo-lhe um encontro num café, depois de ter cruzado com ele no vestíbulo do prédio (em que ambos moram, talvez) e no átrio da estação St. Lazare. “Você sente meu perfume a cada noite, no vestíbulo do prédio”, mas, mesmo assim, a gente poderia nunca se encontrar.
Precisamos aprender a viver e a encontrar os outros nas salas dos passos perdidos. Precisamos inventar a arte de viver em trânsito.
E me ocorre que a maior (única?) artista da vida em trânsito é Sophie Calle. Sua maravilhosa exposição, “Cuide de Você”, deixou São Paulo e está agora no Museu de Arte Moderna do Rio, até fevereiro 2010.
Mas estou divagando (é o que a gente faz nas salas dos passos perdidos); só queria dizer isto a quem viaja no Natal: console-se, Natal é também uma festa para transeuntes.”

Para esclarecer…

… a vingança do post abaixo nada tem a ver com os peitinhos apertados esta semana por Kadu. Na verdade já to me acostumando com o fato. Casar com ator é foda … e sempre pode piorar né. Bem, no último mês, durante os ensaios, ele apertou diariamente. Acho as meninas meio sem noção. mas, ok, não dá pra reclamar. Me apeguei à elas.São boas pessoas, folgadas, é verdade, mas bacanas.

Vingança…

“A vingança maltrata quem se vinga”, li esta frase em um dos textos da Betty Milan e tenho que admitir que concordo com cada sílada. Simplesmente não consigo entender este desejo que boa parte das pessoas tem em se vingar. Se vingar por que? Acho tão medieval, sem sentido. Saber que o outro sofre não alivia em nada o meu sofrimento. Vai entender o ser humano né… bando de gente doida.

Claro que já tive vontade de me vingar de uma ou outra pessoa, mas nunca coloquei em prática. Foram pensamentos rápidos, coisa de segundos, em momentos de rápido. Se tenho alguma capacidade de raciocínio, tenho que me valer desta capacidade, respirar fundo e deixar pra lá. Já basta minha dor, não quero ter tb culpa. Fato que eu teria culpa se me vingasse de alguém… aliás, sou uma pessoa altamente culpável. Preciso me libertar disso. Urgente !!!

Sabe quando…

…. você sabe de uma coisa, mas tem que fingir que não sabe. ODEIO quando isso acontece. Dá uma aflição, uma vontade de abrir a boca e sair contando por aí. Sou ótima guardadora de segredos, alguns guardo tão  bem que esqueço. O complicado é manter a discrição, não poder dar sua opinião e dizer pra pessoa “Vc tá maluca por agir desta ou daquela forma”. Mas não dá né

Porque tem isso também né, não sei se é o caso de vcs, leitores, mas percebo que alguns temem ouvir minhas opiniões. Medo da verdade, claro. Sei que deveria, e meu astrólogo já me alertou sobre isso, usar máscaras, mas não consigo. Não sei fazer cara blasé se ouço algo bizarro. Minha cara se transforma na hora. Também não sei ficar calada. Na maioria das ocasiões, em quase 99% das vezes, digo mesmo o que penso. Tenho tentado mudar, mas é foda. Decidi adotar como estratégia o sair sem falar nada. O que é péssimo e muito me constrange. Sei lá, talvez seja melhor mesmo. A conferir os resultados…

Tenho pensado…

… muito. Sabe, fim de ano geral fica fazendo retrospectivas e tal. Vc já fez a sua? Bem, to fazendo a minha parte. O saldo até agora tá mais do que positivo. Consegui eliminar pessoas da minha vida, mudei de emprego, arrumei um marido, conheci pessoas bacanas, estou mais ligada na minha religião. Claro que nem tudo foram flores. Houve também muito sofrimento, desgaste e tal, mas sempre há um motivo para tal. É o que acredito. Sei que nem todos pensam assim, ok ok, é direito de cada um. O fato é que 2010 começará como um ano de grandes mudanças e as expectativas são enormes. Dá medo, confesso, mas tudo bem. O importante é seguir em frente, encarar os desafios e acreditar que tudo sempre dará certo. Vamos pensar positivo. Vamos agir de forma positiva. Felicidade é artigo raro e não cai no nosso colo. É preciso saber correr atrás dela.

Quanto mais o tempo……

… passa, mais eu tenho a certeza de que não tenho paciência para gente que se faz de vítima, sobretudo homens que se fazem de vítima. Alowwww, menos palavras e mais ação. Acha que a vida tá uma merda? Mude algo. Faça uma viagem, mude de casa, sei lá, qualquer coisa, mas não dá pra ficar enchendo o ouvido dos amigos por meses a fio com o mesmo tema. Não tenho problema algum em dar o ombro aos amigos. Aliás, meu ouvido é o maior penico da parada, ouço de tudo. Tudo mesmo. Mas, ao menos, tenha pena da coleguinha aqui. Vire o disco, busque um repertório novo. Com o tempo, os problemas tem que mudar né.

É PROIBIDO FUMAR

                                            Este post não é sobre lei antifumo ou coisa parecida, é sobre o filme “É proibido fumar”, que assisti na semana passada com oKadu. Ficamos impressionados. E escrevo no plural pq ele compartilha da minha opinião. O filme é muito bacana. Duas grandes atuações: Glória Pires e Paulo Miklos. A história é bacana, bem desenvolvida e, acredite, o título do filme não passa perto da verdadeira história de amor, família, cumplicidade e parceria que permeia o longa. Vale a pena assitir !!!

Arrume um tempo na agenda e vai já pro cinema !

Gentem….

…. Como pode uma mulher estar grávida e não perceber??? Tá lá no Globo on line:

“Elisabeth Poblete, atleta chilena do levantamento de peso, vive um drama no Brasil. Na terça-feira, ela se preparava para seu primeiro treino em um programa de intercâmbio no Clube Pinheiros quando passou mal. A atleta foi examinada por uma médica, que diagnosticou adiantado trabalho de parto. Por incrível que pareça, Elisabeth estava grávida e não sabia. O bebê nasceu no clube e foi internado em um hospital particular de São Paulo. A atleta, de 22 anos e poucos recursos, não tem dinheiro para pagar a conta.”

Contamine-se

pelo espírito natalino. Acabei de ler um post lá no Querido Leitor e faço questão de replicar: ”

O nome desta ação é  “Mudando a história”, iniciativa da Nokia e da Abrinq. Você abre um email gratuito no endereço mail.ovi.com . Para  cada cadastro de email gratuito no site a Nokia doará uma quantia de dinheiro para ajudar na educação de crianças carentes. Este não é um post pago, mas é um post de grande valor.”

Eu já criei o meu email: renatavictal@ovi.com

Parabéns Kadu !!!

Hoje é um dia especial para Kadu, logo também é para mim. Explico: Mais tarde, às 20h, ele estreia seu espetáculo de formatura. Gentem, quem já se formou sabe o quanto é importante cumprir este ciclo. Entrar para a vida adulta não é moleza. É preciso garra, determinação, coragem. Estou feliz por ele e, claro, por mim e por tudo o que virá pela frente. Tudo o que posso desejar a ele neste momento é MUITA MERDA !!!