Coisa rica da dinda

Terça saí mais cedo do trabalho e consegui buscar Giovanna na escola. A pequena quis ir lá pra casa e fizemos a festa. Ela é uma fofa, inteligente, meiga, sagaz e não me canso de repetir isso. Da escola passamos pelo mercadinho da rua e pela locadora de vídeos. Depois, já em casa, enchi a banheira com muita espuma e ela fez a festa. Nadou de tudo que foi posição. Uma graça. Do banho, janta. Isso mesmo, fiz miojo pra menina (vergnha rs), mas ela amou. Pena não ter dormido lá. Seria meeega divertido.

Anúncios

Máscaras da falsidade

Um dia toda máscara cai. Acredito nisso sinceramente. Tenho motivos. Meu astrólogo sempre me diz que preciso aprender a usar máscaras e que elas vão me defender de algumas pessoas más. Só que não consigo. Sou isso aqui, com este blog, 100% transparente. Nem os comentários ofensivos eu apago. Pelo contrário, autorizo todos. Não consigo, sei lá, tá no meu DNA, na minha criação, no meu modo de ver as coisas.

Talvez por isso tirar máscaras de outras pessoas seja uma tarefa, pelo menos para mim, bem sofrida. Acho triste jogos de manipulação, redes de intrigas, muralhas de proteção. E o motivo é claro: acredito que estas redes, muralhas e jogos aconteçam apenas para cobrir o insucesso, a falta de criatividade, para esconder mesmo. Hoje, através de um amigo, soube de um caso de plágio bizarro. Há mais de um ano, Roberto Chalita  copiava integralmente  textos de Eduardo Goldenberg, de Arthur Tirone, de Bruno Ribeiro, de Fernando Szegeri e de Luiz Antonio Simas. A cara de pau era tanta que até fotos de família o malandro roubava.

Gentem, isso é ter muita cara de pau. Como uma pessoa consegue dormir sabendo que está roubando ideias alheias, que vive uma vida que não lhe pertence e que até fotos rouba para sustentar estas mentiras. Acho isso tudo muito doentio. Tenho medo destas pessoas. Muito medo. Leia a íntegra da denúncia aqui.

Chocada

É isso mesmo, estou chocada. E ainda bem. Como posso achar que está tudo normal se um dos assassinos do João Hélio está solto e sob proteção? Impossível. Sei que é a Lei, mas ok, não preciso concordar com todas as leis. Aliás, já passou da hora da sociedade se mobilizar para mudar algumas destas leis imbecis como cela especial para quem tem diploma e lutar pela redução da idade penal. Se malandro pode votar com 16 anos, tb pode ser responsável por todos os outros atos.

Também é bizarra a situação em Brasília. OK, Arruda está preso e esta foi uma grande notícia no Carnaval. Mas Paulo Octávio continua solto, não renunciou e se acha no direito de governar Brasília. Merece óleo de peroba pra passar na cara.

Babado no samba

Sempre fugi de bloco grandes. Quem é meu amigo e me acompanha nos carnavais da vida sabe que a única excessão é pro Boitatá. Este, apesar de grande, está no meu coração. Eis que hoje, ao ler o blog do Daniel Pereira, fiquei sabendo que o Simpatia é Quase amor deixou os compositores do samba do lado de fora do carro de som. Como assim??? Por dois anos desfilei no carro de som do Imprensa que Gamo, em Laranjeiras, simplesmente pelo fato de estar como compositora. Tá certo que só coloquei uma palavra ou outra, mas todos que participaram de alguma forma subiram no carro, cantaram com microfone em punho, ou seja, participaram.

 Não é justo que pessoas que tenham queimado a mufa pra fazer um samba alegra, divertido e empolgante não tenham a chance de curtir deste momento de glória em plena folia. Não se ganha $$ algum pra compor samba de bloco, por isso é mais que justo pagar com reconhecimento, com um lugar no pódio. Muita sacanagem mesmo. Bem antipática esta atitude.

Para saber mais sobre este buxixo, leia aqui

Feliz 2010

É isso aí, o Carnaval acabou, o Mengão ficou de fora da primeira fase do Carioca, a Unidos da Tijuca venceu e hoje é, enfim, o primeiro dia do ano. Gostaria de desejar Feliz 2010 a todos, mas não posso dizer que estou muito animada pq recebi uma notícia chata. O pai de um amigo faleceu e isso acaba comigo. Sei que a vida é assim mesmo, que todos vamos morrer um dia, mas já perdi meu pai e sei como isso é uma merda. Não há nada que possa ser dito a este amigo que vá tapar este buraco que ele sente no peito neste momento. Uma merda.

Post roubado

Descaradamente vou roubar este post da Karla Rubia. O máximo:

“Recebi de uma amiga:
“Calorias são pequenos vermes, inescrupulosos, que vivem nos guarda-roupas e que, durante a noite, ficam costurando e apertando as roupas das pessoas.””

O baile tava uma uva

O Carnaval 2010 será melhor que o passado. Não tenho dúvida. O baile do Trapiche Gamboa ontem estava muito divertido. As pessoas capricham muito nas suas fantasias, dá gosto de ver. De fato, sobre criatividade para os brasileiros. Eu e Kadu fomos vestidos de Ipad, totalmente touch !!! Seguem algumas fotos. Estão meio ruins pq fiz com o cel. Assim que as amizade tudo mandarem outras, posto pra ocês.

$$$ faz milagre

Não é de hoje que defendo a ideia de que dinheiro faz milagre. Sério, só os pobres são feios. E fique claro que não há nada de preconceituoso na frase. É pura constatação. Com dinheiro e coragem, diga-se de passagem, é possível fazer intervenções físicas, capilares, oculares,… um mundo. Eu, particularmente, não tenho coragem para tanto. Nem dinheiro. Mas, confesso, tenho investido na minha saúde capilar (com produtos que custam o olho da cara) e também na saúde física. Hoje fiz mais uma sessão de acupuntura e amanhã tenho homeopata. Se vai dar o mesmo resultado: óbeveo que não. Mas, na boa, tb não estou tão caída quanto a imagem destas mulheres dos quadros à esquerda. Os resultados são impressionantes:

Será que o poetinha está certo?

*VIRGEM*
(de 23 de agosto a 22 de setembro)

Se Florence Nightingale era Virgem
Não sei… Mas o mal é de origem.
A mulher de virgem aceita a amante
Isto é: desde que não a suplante.
Sexo de consumo, pães-de-minuto
Nada disso lhe há de faltar
O condomínio é absoluto
A virgem é mulher do lar.
Opala, safira, turquesa
São suas pedras astrais
Na cuca muita esperteza
Na existência muita paz.

Vinícius de Moraes

É carnaval

Claro que já estou no ritmo de Carnaval. Aliás, abri o fim de semana passado com chave de ouro. O Céu na Terra estava muito bom. Quer dizer, tirando o péssimo humor do Kadu, por ter acordado às 6h, e o puta calor, o bloco estava bárbaro.  Agora é torcer pra semana passar logo e o próximo finde chegar. Na verdade, torcer para a quinta-feira chegar para abrir os trabalhos com um baile sensacional.

Aliás, preciso registrar minha indignação com a prefeitura do RJ. Sábado saí do Céu na Terra com a certeza de que este carnaval seria mais limpo que o passado. Minha impressão foi baseada na coleta do lixo que a Comlurb fazia antes mesmo que o bloco tivesse terminado de passar. Achei muito bacana a logística e tal. Eis que, na manhã seguinte, às 6h30, me deparo com uma das principais ruas da Taquara repleta de lixo. Era copo plástico e papel pra tudo o que é lado. Conclusão: a prefeitura só trabalha onde há visibilidade. Em Santa Teresa e na Zona Sul, assim que os blocos passam, a Comlurb entra em ação prontamente. No subúrbio/Zona Oeste a banda toca em ritmo beeemmm mais lento. Sacanagem com o povo destes locais.

Beijo para a Liliane

Gentem, este blog é tudo de bom, pelo menos pra mim, e um dos motivos é adorável: me aproxima, me conecta com pessoas queridas como a Liliane. Amiga dos tempos de colégio, ela me ligou hoje para dizer que tinha lido o blog e que estava feliz com as novidades sobre o casório. Uma fofa, uma querida. Claro que vamos nos encontrar no Carnaval. Amizade assim, não tem preço. Obrigada bloguinho querido por me deixar bem pertinho da Lili.

Larga do meu pé, chulé

Gentem, e esta gripe que não me deixa por nada neste mundo. To no antibiótico desde segunda, antialérgico e caráleo todo e até agora nada. COmo vou passar o finde assim?? E os blocos que planejei ir?? Caos total na minha agenda social. PQP. Sem contar com o sono brutal. Sério, este antialérgico que estou tomando é uma bosta. Sinto uma vontade infinita de ficar na cama, mas não posso.

Hoje, além de fazer mil coisas no trabalho, preciso arrumar gás para ir até a cerimonialista escolhida. Sim Sim Sim. Já escolhemos a cerimonialista. Vou lá para fechar o contrato e fazer o primeiro pagamento. Com que ânimo? Ainda não sei. Mas Deus há de me dar forças para ir até a Tijuca depois de um longo dia de trabalho.

Sinusite, febre e dor no corpo, quem merece?

O fim de semana foi ótimo. Encontro com amiga de Recife que passou o finde no Rio, quatro festas de aniversáio, almoço com amigos no Círculo Militar da Urca e bloco de Carnaval. Claro que ía dar merda. E deu. Amanheci a segunda de cama. Vim pro trabalho, mas não aguentei. Tive que ir ao médico. A sensação que tenho é de que há uma bola engasgada da minha garganta, um saco. Meu nariz tá entupido e a porra da sinusite não me deixa nem com o remédio.

Hoje, mesmo medicada, os sintomas continuam. O ar condicionado do escritório, que não é lá estas coisas, está sendo suficiente para me deixar mal novamente. PQP, ninguém merece cair de cama faltando tão pouco para o Carnaval. Preciso ficar boa. Esta sensação de corpo doído, como se eu tivesse levado uma surra, não é nada bacana.

A única coisa boa, se é que dá pra tirar algo bom disso, é ter os mimos dobrados pelo Kadu. Isso mesmo. Apesar de eu ter colocado o N95 dele na máquina de lavar (por engano, claro), o cara ta´sendo um fofo comigo. Pega os remédios pra mim, faz o jantar. Maravilhoso.