Cuidado com o que coloca em suas partes baixas

Hoje, no almoço, uma colega de trabalho contou uma experiência um tanto bizarra, mas super possível de acontecer com qualquer um. No auge dos seus 17 anos, a tal fez uma viagem romântica pra Cabo Frio (sentiu o naipe? rs). Os dois, super jovens, mal saíram do quarto e só trepavam, trepavam e trepavam. A xereca da pobre chegou a ficar esfolada. Lá pelo segundo dia de viagem, o casal decidiu dar uma passeada pela cidade.

Mas, sabe como é, eles só pensavam em sexo. Ao passarem por uma barraquinha de sorvete, o menino, claro, perguntou se o sorveteiro venderia pra ele o pote de calda de menta. Já visualizou????? Pois é, o catiço tascou a calda na xereca da jovem e a parada ardeu tanto, mas tanto que eles não puderam transar mais. Foi sopro, água, tudo pra tirar aquela calda grudenta da perseguida… O sexo ficou prejudicado, mas rendeu boas risadas, pelo menos pra mim.

Anúncios

2 comentários sobre “Cuidado com o que coloca em suas partes baixas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s