Austrália: Perth – parte2

O cacto serve de ponto de encontro da galera, fica bem perto da estação de trem

A cidade ordenada, limpa e bonita, como descrevi no post anterior, é também um bom lugar pra compras. Duas ruas centrais, a Hay Street e a Murray Street, reúnem boa parte do comércio e entretenimento. Gastei suados dólares por ali. As ruas também reúnem artistas, de todas as idades, e, confesso, algumas performances são pra lá de duvidosas. Tinha uma japa/coreana/chinesa/whatever que insistia em fazer uma dança estranha. Não era dança do ventre, mas parecia. Todo dia a mulher estava ali e a coreografia (?) sempre acabava com ela se jogando no chão. Eu, claro, não desperdicei um centavo com isso, até pq o dólar australiano é caro, mais caro que o americano (facada no peito). Mas, há gosto pra tudo e a mulher devia ganhar algum trocado, caso contrário não estaria ali.

Mas, como dizia, estas duas ruas são bem badaladas no quesito compra e as ruas adjacentes abrigam bons restaurantes, mas eles fecham cedo. Tem que ficar ligado no relógio porque 19h30 ainda tá um puta sol.

Sino da cidade. É possível ir até o topo e dar umas badaladas

Este da foto aí de cima é o sino da cidade. Eu sei, não tem cara de sino, não parece um sino, mas é um sino. Pagando um valor bem pequeno dá pra subir de elevador e ter uma bela vista da cidade. Super recomendo o programa. Dependendo da hora, é possível ver a estrutura gigantesca do sino trabalhando ao badalar ou ainda, como eu e meu namorado fizemos, colocar uns míseros dólares numa máquina, escolher uma música e pronto: o sino toca a música que a pessoa escolheu. Acho que fizemos isso umas 2 ou 3 vezes, é divertido. Bem, pelo menos para quem toca. Os funcionários não devem mais aguentar rs.

Vista da cidade do alto do sino

Moradores

Bem, o que dizer sobre os moradores? Conheci poquíssimos australianos, praticamente nenhum, e não foi por vontade própria. Simplesmente a impressão que tive é que os australianos são a minoria em Perth. Conheci a galera que estuda com meu gatinho, gente de todo o mundo, incluindo brasileiros. Mas, o que mais a gente vê nas ruas são pessoas de olhos puxados, das que não conseguimos diferenciar a origem, todas falando daquela forma estranha iáioiáiáiáiá, num tom agudo. Difícil de aturar, entende o que digo? Chega a irritar entrar num ônibus com dezenas de orientais.

Salta aos olhos também a grande quantidade de homens. Sério, mulherada-solteira-encalhada no Brasil compre agora mesmo sua passagem para Perth. A cada bar/noitada que ía, era visível um número muito maior da espécie macho. Em alguns lugares, o público era 80% masculino e não to falando de nenhuma sauna gay. Tá sobrando homem!!!

Sobre as noitadas é preciso ressaltar que meu hotel ficava bem perto de Northbridge, a meca dos bares e boates, praticamente a Lapa de Perth. Um grande ponto pra mim, eu sei, mas confesso que isso foi 100% aleatório. (apesar da boa localização, não recomendo o  hotel e nem vou citar o nome do mesmo. roubaram meu celular na lavanderia e ninguém quis ajudar. uó)

O bairro tem toda uma estrutura para bares e policiamento especial, sobretudo à noite. A prefeitura oferece ainda, todos os dias, sessões de cinema gratuitas na Northbrigde Piazza. A praça é uma graça, tem um telão ótimo e pufes convidativos. Uma iniciativa bem legal. Como disse no post anterior, tudo pensado, e muito bem pensado, para agradar a moradores e turistas. Uma puta qualidade de vida.

Fui a dois lugares bem movimentados. Na quarta, o point é o Mustang Bar com uma decoração de madeira simples, mas convidativa, um palco com shows ao vivo e de boa qualidade e cerveja barata, o lugar reúne muitos jovens da cidade. Uma galera muito doida, por assim dizer. Neguinho bebe muiiiito, entorna todas, e isso faz com que até as mulheres percam a linha de uma forma que não é muito comum nem aqui no Rio de Janeiro. São quase todas bem assanhadas.

Mustang bar

Não to aumentando, fiquei chocada e olha que pra isso acontecer… eu mal tinha entrado no Mustang quando vi uma menina abrir as pernas para que um homem colocasse a máquina fotográfica por baixo do vestido da mesma e fotografasse a xereca dela. Como assim??? E isso tudo sem o menor constrangimento. O clima é de pegação e isso muito me preocupa, confesso, porque meu namorado costuma frequentar tal lugar.

Outro lugar que também ferve é o The Deen. São três pistas de dança, o lugar é bem grande, tem espaço para salsa, outro para música ao vivo e um para boate mesmo. E, pasmem, todos os ambientes ficam cheios. Pegamos até uma fila na porta para entrarmos. Foi divertido, mas constatei, mais uma vez, que as australianas têm muito fogo no rabo.

Preciso registrar também que as vagabas de Perth têm o hábito de voltarem das boates bêbadas e descalças. Não falo de uma ou outra, mas de praticamente todas as mulheres. Elas usam saltos mega-ultra-hiper-altos e depois não têm cu de voltarem pra casa calçadas.

The Deen

Fui também a bons restaurantes e a uma chocolateria!!! Isso mesmo, uma chocolateria, a San Churro. Muito fofa, com uns chocolates deliciosos e uns mimos para levar pra casa que, olha, se eu não morasse tão longe…. teria trazido alguns. Comemos um belo foundue. Uma delícia. Super recomendo.

Chocolateria San Churro !! Delícia !!!

Preciso registrar duas pragas que incomodam bastante em Perth: baratas e moscas. Sério, a prefeitura deveria ver isso ae. Até entendo as baratas pq a cidade é quente e as bichinhas saem às ruas. mas e as moscas?? É mega irritante. Elas ficam acompanhando a gente pela rua. Não é sempre, claro, mas quando uma mosca resolve sacanear uma pessoa… é um saco rs.

Depois contarei sobre as praias… são maravilhosas e com uma estrutura muito melhor que as do Rio de Janeiro.

Anúncios

Um comentário sobre “Austrália: Perth – parte2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s