“Que pena que acabou. Mas vivi, não tudo o que quis, mas o melhor que pude”. Eliane Brum

Sim, temos de viver da melhor maneira que pudermos. Brilhante a frase da Eliane. Por que decidi publicá-la aqui? Bem, nessa madrugada troquei umas mensagens com uma amiga querida. Insatisfeita com sua própria vida, com suas escolhas, ela lamenta aflita: precisa mudar de vida. Entendo perfeitamente e apoio a decisão dela de tentar de um tudo, mudar o rumo, experimentar. 

Não acho que minha amiga deva pegar seu banquinho e esperar (ler post anterior) as coisas melhorarem. Por que não? Simplesmente porque isso não vai acontecer. É preciso ter coragem, arregaçar as mangas e se jogar no desconhecido. Falar com os parentes, amigos, com quem quer que seja. O importante é ir atrás dos sonhos. Escrevo isso para ela, mas serve para todos nós.

De tempos em tempos temos de pensar o que queremos de fato na vida. Estamos felizes com nossos empregos? nossa casa? nosso corpo? nossos amigos? E, dependendo das respostas, será preciso mudar. Caberá apenas a nós mudarmos este quadro. De uns anos para cá tenho feito muito isso.

Coloco TUDO balança e, ao menor sinal de insatisfação/desequilíbrio, largo de mão. No início foi mais difícil, mas já estou ficando craque. Não carrego mais peso morto, gente que fala mal de mim pelas costas, parceiros de trabalho que não fazem nada e que só sugam minha energia. Sim, tenho feito limonada de todos os limões que me dão. E acho que este é o caminho. Mudo o que posso, aceito o que não posso.

Vamos fazer o melhor com o que nos é dado. As dificuldades, as provações também são uma oportunidade que a vida nos dá de alterarmos o rumo das coisas.  Se temos saúde, temos 90%. Não vamos ter tudo o que queremos sempre, mas podemos nos esforçar para isso, nos dedicarmos. Essa é a meta: 100%. É preciso viver com ousadia e, por vezes, esta ousadia implica em aceitarmos coisas não muito confortáveis. Mas tudo passa, sempre passa. E, se for para um bem maior, por que não?

Acho que colocarmos em mente essa ideia de temporariedade das coisas pode nos ajudar a ter mais leveza. Até nossos problemas vão passar. Temos de acreditar nisso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s