Cinquenta tons de cinza

Olha, começo dizendo que acho uma puta sacanagem o fato de a venda de Cinquenta tons mais escuros só começar em 15 de setembro. Como ficarei até lá? O que faço com minha curiosidade? Estou apegada à Christian Grey e Ana Steele. E sim, o livro me deixou um tanto perturbada. Sorri, chorei, me emocionei de fato. Consegui imaginar os personagens, vivenciar seus dramas, medos, suas alegrias. E tudo isso é mérito da autora: Erika Leonard James.  Não concordo com a ‘crítica’ de que este seja um soft porn para mulheres. Classificar o livro como pornografia feminina é desmerecer e, digo mais, é um recibo de que não entendeu a história.

Muito mais que cenas de sexo, o livro aborda questionamentos como: ‘qual o meu limite?’, ‘como é possível se apaixonar tão rápido?’, ‘por que o outro me abala tanto?’, ‘por que me sujeito a isso ou aquilo?’ … entre muitos outros questionamentos e não estou falando de sexo. Relações são muito mais que sexo. Ainda estou absorvendo o livro. E, sim, é uma história de amor.    

Anúncios

2 comentários sobre “Cinquenta tons de cinza

  1. Concordo plenamente!!! To esperando anciosamente o proximo livro… nao entendo pq esta demorando tanto pra sair esta traduçao!!!!

  2. Adorei o seu ponto de vista e é ben parecido com o meu! Eu pensei q tivesse sido a única a ter ducado pertubada com o livro! Me senti em uma montanha russa de emoções!!! Estou ansiosa para os próximos livros!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s