Nomes de furacões

Converssando sobre o Isaac, durante o almoço, Luciana levantou a questão: Nomes de tempestades/furacões não são sempre femininos? Por que este se chama Isaac? Bela questão. Intrigada, decidi pesquisar.

Descobri que, antes, eles não recebiam nomes próprios e que eram classificados por números ou pelo alfabeto fonético dos militares. Mas em 1953, quando o alfabeto fonético internacional foi remodelado, começaram a usar nomes femininos.

Os nomes masculinos passaram a ser usados em 1978 e adotou-se a lógica: nomes femininos são usados em tempestades de número par durante anos ímpares, enquanto os masculinos ficam para as tempestades de número ímpar em anos pares. Isso para o Atlântico. No Pacífico é o contrário

Determinou-se também que, quando um furacão causa muitos problemas, como destruição e mortes, seu nome é retirado da lista. O Katrina, por exemplo, de 2005, não aparecerá novamente por ter devastado a cidade de Nova Orleans.

A lista de nomes de 2012 para o Atlântico é:

Alberto
Beryl
Chris
Debby
Ernesto
Florence
Gordon
Helene
Isaac
Joyce
Kirk
Leslie
Michael
Nadine
Oscar
Patty
Rafael
Sandy
Tony
Valerie
William

A lista para o Pacífico de 2012 é:

Aletta
Bud
Carlotta
Daniel
Emilia
Fabio
Gilma
Hector
Ileana
John
Kristy
Lane
Miriam
Norman
Olivia
Paul
Rosa
Sergio
Tara
Vicente
Willa
Xavier
Yolanda
Zeke

Se quiser ver as listas dos próximos anos, clique aqui. Também é possível acompanhar a evolução do Isaac e de outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s